Hipotireoidismo

Faça uma pergunta
O hipotireoidismo é uma disfunção da tireoide, glândula que secreta os hormônios T3 e T4. A tireoide está situada no pescoço antes da parte inicial da traqueia. O hipotireoidismo é o contrário do hipertireoidismo, e é consequência de uma baixa produção de hormônios pela glândula tireoide. Essa patologia afeta sobretudo as mulheres a partir dos 50 anos. Ela pode ser causada por uma carência de iodo, elemento necessário para a fabricação de hormônios da tireoide.

Sintomas do hipotireoidismo

Os sintomas do hipotireoidismo são consequência da desaceleração de diversas funções do organismo. Os sintomas característicos da doença são fadiga excessiva, sonolência, perda de tônus muscular, perdas de memória, dificuldades de concentração, depressão, redução do ritmo cardíaco, constipação, inchaço e pele seca. Também podem ocorrer quedas de cabelo e unhas quebradiças, ganho de peso apesar da alimentação normal e câimbras. Entre as mulheres, constata-se interrupção da menstruação e perda de libido.

Diagnóstico do hipotireoidismo

Para detectar hipotireoidismo, o médico fará exames que avaliam o funcionamento da glândula da tireoide. O exame inicial em caso de suspeita é a dosagem de TSH, hormônio estimulador da tireoide. Não se dosa diretamente os hormônios da tireoide pois a variação de TSH é mais rápida e mais reveladora do estado tireoidiano.


Em caso de dúvida, serão então medidos os hormônios tireoidianos. Uma vez diagnosticado o fato, um exame de sangue pode ser feito para procurar complicações da doença, principalmente cardíacas.

Tratamento do hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma doença que não tem cura, mas que pode ser controlada com o uso de hormônios de substituição para restabelecer a normalidade do metabolismo. O hormônio de síntese mais prescrito é a levotiroxina. Um acompanhamento médico é igualmente necessário.

Prevenção do hipotireoidismo

Fora o teste para descartar a doença nos recém-nascidos feito ainda na maternidade, a prevenção do hipotireoidismo passa por um consumo de iodo suficiente: o sal alimentar é uma fonte de iodo. Outras causas de hipotireoidismo não são acessíveis à prevenção.
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 24 de novembro de 2016 às 15:32 por Pedro Muxfeldt.

Este documento, intitulado 'Hipotireoidismo', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.