Torsão testicular


Definição

a torsão testicular é a torsão do cordão espermático. O cordão espermático é o órgão que liga o testículo ao resto do aparelho genital e que contêm principalmente o canal deferente e os vasos sanguíneos e nervos que alimentam o testículo. A torsão do testículo causa assim uma falta de oxigenação para as células do testículo, o que pode levar a uma necrose e perda da função do testículo. Em caso de torsão testicular, o diagnóstico deve ser rápido para realizar uma operação de urgência, a realizar em um prazo de 6 horas, correndo o risco de recorrer a uma retirada do testículo necrosado.

Manifestações

os sintomas causados pela torsão do testículo são:
  • Uma dor muito violenta de aparição brutal, de um único testículo na bolsa;
  • Um aumento importante do volume do testículo;
  • As dores podem às vezes causar uma incapacidade de caminhar;
  • Náuseas e vômitos são possíveis.

Às vezes, antes da torsão testicular propriamente dita, acidentes de sub-torsão podem surgir, com os mesmos sintomas, mas desaparecem espontaneamente: um tratamento preventivo é portanto necessário.

Diagnóstico

o diagnóstico da torsão do testículo deve ser feito rapidamente. Durante a palpação do testículo, geralmente difícil pois é muito doloroso, o mesmo aparece aumentado em volume em relação ao outro testículo que não está dolorido. A ultrassonografia pode confirmar esse diagnóstico mostrando de maneira clara a torsão, enquanto ela não é recomendada pois trata-se de uma urgência e o diagnóstico será confirmado durante a exploração cirúrgica.

Tratamento

Em caso de suspeita de torsão do testículo, o tratamento deve ser rápido para evitar necrose do órgão e a perda de funções. Um tratamento cirúrgico é necessário e, após a abertura da bolsa escrotal, o cordão espermático sofre uma detorsão. Em caso de tratamento precoce, os tecidos ganham de volta sua cor, sinal de um testículo ainda em funcionamento normal. Nesses casos, o testículo é fixado no lugar para evitar o surgimento de um novo episódio de torsão. Em caso de ausência de recoloração, os tecidos são necrosados, e o testículo, e o testículo deve ser retirado: é uma orquidectomia. Nos dois casos, o testículo situado na outra bolsa deve ser também fixado. Vale ressaltar que o tratamento muito tardio após uma espera superior a 6 horas depois do início dos sintomas, uma distorção manual pode ser feita esperando a instalação do bloco operatório, mas ela é geralmente muito difícil.

Prevenção

a única técnica preventiva é a orquidopexia, que permite impedir o surgimento de uma nova torsão.
Publicado por asevere. Última modificação: 25 de novembro de 2016 às 07:28 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Torsão testicular', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Tireoidite
Torcicolo