Pólipo

Novembro 2017


Definição

um pólipo é um excreção geralmente desenvolvido à custa das mucosas, tais como o cólon, reto, útero, vagina, nariz, sinus, bexiga, intestino delgado, as cordas vocais ou ainda o tubo auditivo externo. Trata-se de um tumor geralmente benigno onde uma parte está ligada à parede onde se desenvolve, chamada de pedículo, e onde o resto faz uma saliência na cavidade natural de um órgão. Ele pode ser único ou múltiplo, caso no qual falamos de polipose, doença definida pelo desenvolvimento dos pólipos. Os pólipos são geralmente benignos, mas alguns podem constituir as lesões pré-cancerígenas.

Manifestações

Os sintomas relativos aos pólipos dependem da zona onde se desenvolvem e são polimorfos. Citamos:
  • Uma modificação da voz em caso de problema das cordas vocais.
  • Problemas do trânsito como diarreias ou constipação em caso de pólipos coloretais;
  • Tendência a rinites de tipo alérgico ou sinusites em caso de pólipos da mucosa nasal ou sinus;
  • Sintomas urinários em caso de pólipos da bexiga como transtornos da micção;
  • Sangramentos uterinos em caso de pólipos afetando o endométrio, parede revestindo o interior do útero.

Diagnóstico

o diagnóstico do pólipo depende da sua localização. Os pólipos do cólon e do reto são colocados em evidência pela realização de uma coloscopia realizada a título sistemático no quadro da despistagem precoce dos cânceres coloretais. Caso dos fatores de risco ou se o sangue é descoberto sobre as análises das fezes sistematicamente propostas a cada dois anos a partir dos 50 anos. Quando trata-se do útero ou da bexiga, esses órgãos serão analisados pelo endoscópio. Se essas são as cordas vocais que são suspeitadas, recorremos a uma laringoscopia.

Tratamento

os pólipos coloretais se tratam se eles são suspeitados de degeneração, por uma intervenção cirúrgica benigna: a polipectomia. Os pólipos serão então analisados por um médico especializado no estudo dos tecidos, um anatomopatolgista. Os pólipos neste nível tem tendência a reincidência, é porque eles requerem um acompanhamento de perto. Essas intervenções serão feitas durante uma endoscopia que permite localizá-los. Os outros tipos de pólipos poderão igualmente ser objeto de uma retirada e análises.

Prevenção

é possível prevenir a aparição de pólipos, sobretudo no aparelho digestivo, além de adotar uma higiene de vida particular. É portanto necessário acompanhar seu peso, pois a obesidade e sobrepeso são fatores favorecendo a aparição dos pólipos. Evitar o tabaco, o consumo abusivo de álcool e gorduras animais. É necessário também optar por um regime alimentar rico em fibras e cálcio. O tabaco e álcool favorecem os pólipos das cordas vocais.
A prevenção dos outros tipos de pólipos é menos evidente e contestada.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:49 por asevere.
Este documento, intitulado 'Pólipo', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.