Flatulências: causas e tratamento

Abril 2018

O termo flatulência designa a produção de gás gastrointestinal que provoca incômodos abdominais. Podendo ser acompanhada por arrotos, a flatulência geralmente surge após as refeições, já que se forma depois de aproximadamente três horas da digestão alimentar. Quando não causam dores, as flatulências são resultante da fermentação de matérias decompostas.


Como combater a flatulência

Dieta alimentar contra flatulências

Para quem sofre com esse mal, é recomendado evitar o consumo de alguns legumes, em particular feijão, soja, lentilha, ervilhas, além de carne vermelha. Alimentos como massa e batata também favorecem a formação de gases.

Como agir contra flatulências

Para evitar a formação de gases estomacais ou intestinais, deve-se comer lentamente, fazer três refeições ao dia e dois lanches, não ingerir bebidas gasosas, alcoólicas e café.

Quando consultar o médico

A aparição de flatulências acompanhadas de dores abdominais, impossibilidade de defecar ou expelir o gás é um caso de emergência, bem como situações em que há diarreia ou vômito, febre ou sangue nas fezes. Em situações sem sintomas graves, a pessoa tem a possibilidade de ingerir medicamentos adquiridos na farmácia e sem necessidade de receita médica.

Medicamentos para flatulência

Alguns medicamentos vendidos sem prescrição médica podem aliviar as dores que causam desconforto por conta da flatulência sem sintomas graves. Os antiespasmódicos e remédios associados a antiácidos também protegem o estômago do acúmulo do gás, bem como medicamentos naturais como fitoterapia e homeopatia.

Foto: © Aha-Soft - Shuttertock.com
Artigo original publicado por Natali_CCM. Tradução feita por p.horde. Última modificação: 9 de janeiro de 2018 às 10:19 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Flatulências: causas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
INR: cálculo e valores de referência
Doença celíaca - Sintomas e tratamento