Otite - Sintomas e tratamento

Maio 2017

A otite, infecção e inflamação do ouvido, é uma doença comum em crianças e é a segunda doença infecciosa mais frequente no mundo, atrás da faringite. Podendo afetar um ou os dois ouvidos, a otite surge isoladamente ou acompanhada por outra doença, como a faringite ou a angina.

Sintomas da otite

Normalmente, o principal sinal da otite é a presença de coriza no nariz e outros indícios de resfriado. Na sequência, as dores no ouvido começam e, em crianças pequenas, podem se tornar insuportáveis.


Em casos mais sérios, é possível constatar perda parcial e temporária da audição no ouvido afetado e formação de pus e sangramentos na orelha.

Fadiga, febre, dores de cabeça e na garganta e dificuldades para dormir também podem acompanhar uma otite.

Prevenção da otite

Cotonetes de algodão podem ser os grandes vilões de uma otite já que o uso desse produto para limpar o ouvido pode causar uma perfuração no local, iniciando o processo infeccioso. Também é importante evitar a exposição a barulhos e música alta e a alergênicos, como pó e pólen.


Como forma de prevenção, ensine seu filho a melhor forma de assoar o nariz, tapando uma narina por vez para permitir a ventilação do tubo que liga a cavidade nasal às orelhas.

Tratamento da otite

Em primeiro lugar, dê remédios contra a dor para a criança. Bebês e crianças muito pequenas sofrem muito com as dores da otite.


Além disso, evite deitar a criança no lado do ouvido afetado, pois isso piora a infecção. É importante também manter o nariz da criança limpo e evitar o cigarro em casa durante os dias de infecção.

Procure um médico para que ele recomende o tratamento medicamentoso mais adequado ao problema.

Foto: © Fotolía.

Veja também

Publicado por Pedro.Saude. Última modificação: 15 de julho de 2015 às 09:54 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Otite - Sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.