Dicas de exercícios abdominais

Agosto 2017


Estar com a barriguinha em dia - chapada ou negativa, como dizem atualmente - é o sonho de muita gente. E para alcançar esse objetivo, a única ação possível é exercitar essa região do corpo todos os dias. Aprender a fazer alguns exercícios que ajudam a queimar a gordura localizada na barriga para ter o abdômen dos seus sonhos.

Observação: não se esqueça que toda perda de peso exige combinação de atividade física com adoção de hábitos alimentares saudáveis.

Exercícios abdominais

Os músculos abdominais começam nas costas e vão até o púbis. Portanto, mais do que deixá-los sarados, você deve buscar fortalecê-los pois eles garantem a estabilidade do corpo e da coluna vertebral.

Pernas a 90°

Nesse exercício, você deve deitar de barriga para cima e elevar as pernas até que elas formem um ângulo de 90° com o tronco (apoie-se numa cadeira se não conseguir manter as pernas retas). Coloque as mãos atrás da cabeça deixando os cotovelos posicionados para fora e cole o queixo no peito. Os movimentos devem ser suaves e lentos. Com o tempo, você vai sentir mais facilidade e, nesse caso, suba mais rápido e desça devagar. Não tente alcançar suas pernas nem movê-las. Faça cinco séries de 20 repetições por dia.

Abdominal e braços

Nesse exercício, você vai trabalhar os músculos das costas, garantindo força para que ele aguente a carga da coluna e também afinando a silhueta, e também os músculos dos braços. Fique de pé, com as pernas paralelas e na mesma linha do quadril e os braços esticados ao longo do corpo. Pegue um peso ou uma garrafa de água cheia. Eleve e desça o braço suavemente. Faça cinco séries de 10 repetições em cada braço. Não se esqueça de inspirar quando subir o braço e soltar o ar na hora da descida.

Foto: © Improvisor - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 9 de agosto de 2017 às 16:34 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Dicas de exercícios abdominais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.