Sarcoidose: causas, sintomas e tratamento

Dezembro 2017

A sarcoidose é uma doença inflamatória que faz parte das granulomatoses, ou seja, cujas manifestações se fazem com a presença de múltiplos granulomas, pequenos tumores inflamatórios. Igualmente chamada de doença de Besnier-Boeck-Schaumann, a sarcoidose não tem origem conhecida.


Definição de sarcoidose

A sarcoidose afeta geralmente os órgãos da respiração, mas pode afetar todos os órgãos. Na maioria dos pacientes, a doença é sem gravidade e curada em alguns meses. Nos casos mais severos, o tratamento médico é essencial, pois a sarcoidose pode causar patologias respiratórias e se estender aos gânglios, aos ossos, às articulações e aos outros órgãos. Essa doença afeta as pessoas de idade média, geralmente entre 20 e 50 anos. A evolução da sarcoidose será causada pela ativação importante de células de defesa do organismo, responsáveis pelo desenvolvimento desses granulomas inflamatórios e afetando, de maneira preferencial, os pulmões e gânglios.

Causas da sarcoidose

As causas dessa doença ainda são desconhecidas. Há suspeita de uma hiperatividade do sistema imunitário a uma ou mais substâncias sem origem determinada. Essa suposição se deve à formação de granulomas e nódulos visíveis na radiografia.

Manifestações da sarcoidose

As formas com poucos sintomas são comuns e o problema é apenas descoberto diante de um exame complementar. A patologia pode se apresentar com fadiga, perda de apetite, às vezes um emagrecimento, leve febre, tosse ou problema respiratório durante um esforço, aumento do tamanho dos gânglios, dores articulares, principalmente sobre os quadris, joelhos, cotovelos, e um problema do olho, chamado uveite.

Diagnóstico de sarcoidose

Diagnosticar uma sarcoidose não é simples. De fato, a patologia é principalmente assintomática ou com sinais muito pouco específicos. O médico pode, enquanto isso, na ocasião de um exame clínico, prescrever um ou mais exames complementares que levarão ao diagnóstico da sarcoidose. Entre esses exames, encontramos a radiografia torácica em caso de forma pulmonar, um scanner, uma análise do líquido de uma lavagem bronco-alveolar realizada durante uma fibroscopia, permitindo a visualização direta dos brônquios e amostras, ou a biopsia ou amostra de um granuloma, no nível de um órgão ou gânglio, que permitirá colocar em evidência granulomas de constituição típica.

Complicações da sarcoidose

Entre as complicações que podem surgir da sarcoidose estão a fibrose pulmonar (5 a 10% dos casos), hipertensão pulmonar, doenças cardíacas, morte súbita ou problemas neurológicos.

Tratamento da sarcoidose

A sarcoidose é uma doença que tem a particularidade de se curar espontaneamente. Essa regressão afeta em torno de 90% dos casos. Enquanto isso, nos casos em que há uma retenção sobre as capacidades respiratórias ou problemas em alguns órgãos como o olho ou coração, um tratamento por corticoides é geralmente prescrito.

Foto: © joshya - Shutterstock.com
Artigo original publicado por p.horde. Tradução feita por asevere. Última modificação: 17 de outubro de 2017 às 11:45 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Sarcoidose: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Peritonite: causas, sintomas e tratamento
Tênia: verme solitário