Sarcoidose: causas, sintomas e tratamento

Fevereiro 2018

A sarcoidose é uma doença inflamatória que faz parte das granulomatoses cujas manifestações se fazem com a presença de múltiplos granulomas, pequenos tumores inflamatórios. Igualmente chamada de doença de Besnier-Boeck-Schaumann, a sarcoidose não tem origem conhecida.


O que é sarcoidose

A sarcoidose afeta geralmente os órgãos da respiração, mas pode afetar qualquer parte do corpo. Na maioria dos pacientes, a doença é sem gravidade e curada em alguns meses. Nos casos mais severos, o tratamento médico é essencial, pois a sarcoidose pode causar patologias respiratórias e se estender aos gânglios, ossos, articulações e outros órgãos. A doença afeta adultos, geralmente de 20 a 50 anos. A evolução da sarcoidose será causada pela ativação importante de células de defesa do organismo, responsáveis pelo desenvolvimento desses granulomas inflamatórios e afetando, de maneira preferencial, pulmões e gânglios.

Causas da sarcoidose

As causas dessa doença ainda são desconhecidas. Há suspeita de uma hiperatividade do sistema imunitário a uma ou mais substâncias sem origem determinada. Essa suposição se deve à formação de granulomas e nódulos visíveis na radiografia.

Manifestações da sarcoidose

As formas com poucos sintomas são comuns e o problema é apenas descoberto após um exame com outro objetivo. A patologia também pode causar fadiga, perda de apetite, leve febre, tosse ou problema respiratório durante um esforço, aumento do tamanho dos gânglios, dor articular, principalmente nos quadris, joelhos, cotovelos, e uveíte (inflamação da úvea, camada média do olho).

Diagnóstico de sarcoidose

Diagnosticar uma sarcoidose não é simples. A patologia em geral é assintomática ou com sinais muito pouco específicos. O médico pode, na ocasião de um exame clínico, prescrever um ou mais exames complementares que levarão ao diagnóstico da sarcoidose. Entre esses exames, estão o raio-X do tórax, análise do líquido de uma lavagem broncoalveolar, permitindo a visualização direta dos brônquios e amostras, ou a biópsia de um granuloma, que permitirá colocar em evidência granulomas de constituição típica.

Complicações da sarcoidose

Entre as complicações que podem surgir da sarcoidose estão a fibrose pulmonar (5% a 10% dos casos), hipertensão pulmonar, doenças cardíacas, morte súbita ou problemas neurológicos.

Tratamento da sarcoidose

A sarcoidose se cura espontaneamente. Essa regressão afeta em torno de 90% dos casos. Enquanto isso, nos casos em que há retenção sobre as capacidades respiratórias ou problemas em alguns órgãos como olho ou coração, um tratamento com corticoides é geralmente prescrito.

Foto: © joshya - Shutterstock.com
Artigo original publicado por p.horde. Tradução feita por asevere. Última modificação: 11 de janeiro de 2018 às 09:34 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Sarcoidose: causas, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Peritonite: causas, sintomas e tratamento
Tênia: verme solitário