Rinofaringite: sintomas e tratamento

Faça uma pergunta
A rinofaringite, popularmente conhecida como resfriado, é uma doença muito comum em crianças, mas que também pode afetar os adultos. Trata-se de inflamação das mucosas do nariz e da garganta e é sempre causada por um vírus. Benigna, essa condição geralmente desaparece em alguns dias e não exige tratamento com medicamentos - exceto em casos específicos.


Sintomas da rinofaringite

Geralmente, a rinofaringite se manifesta por obstrução e escoamento nasal, tosse, dor de garganta, espirros e, às vezes, febre. Dores no corpo também podem ocorrer, bem como calafrios, perda de apetite, inchaço nos gânglios, olhos marejados e privação de sono.

Nas crianças com pouca idade, a rinofaringite, se não tratada de maneira adequada, pode ser responsável por problema respiratório importante e formação de catarro, com comprometimento das vias respiratórias pelas secreções. Como as crianças ainda não sabem respirar pela boca, essa obstrução deve ser combatida o quanto antes.

Diagnóstico da rinofaringite

O diagnóstico da rinofaringite se dá pela conversa com o paciente e identificação dos sintomas citados acima. Um exame clínico será realizado para eliminar outra origem infecciosa, angina ou sinusite, por exemplo, bem como procurar sinais de complicações da rinofaringite. Nenhum exame complementar é necessário para esse diagnóstico.

Como se transmite a rinofaringite

O resfriado comum pode ser transmitido por gotículas respiratórias no ar (tosse ou espirro), contato com a pele (aperto de mão ou abraço), saliva (tanto em beijos quanto em bebidas compartilhadas) ou pelo toque em uma superfície contaminada (maçaneta, por exemplo).

Tratamento da rinofaringite

A rinofaringite se trata apenas com o alívio dos sintomas, já que o organismo, em geral, responde sozinho a essa condição. Medicamentos como paracetamol podem aliviar dores e febre e a lavagem das fossas nasais com soro fisiológico ajuda a limpar as vias aéreas. A cabeceira da cama pode ser elevada em alguns centímetros para facilitar o escoamento das secreções pelas narinas. Exceto se houver complicações, antibióticos não são necessários.

Foto: © 9nong - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também