Causas e complicações da tosse

A tosse é um ato reflexo que consiste em uma expiração, mais ou menos forte, do ar nos pulmões. A tosse aparece como consequência de uma irritação das vias respiratórias e permite a expulsão da mucosa depositada na superfície das membranas do pulmão. Há inúmeras causas para a tosse.


Rinofaringite

A rinofaringite, de origem viral ou bacteriana, produz uma secreção posterior que pode provocar tosse acompanhada de expectoração com catarro. Anginas, sinusites e otites também provocam tosses da mesma natureza.

Laringite

A laringite é uma inflamação aguda da laringe provocada por infecção bacteriana ou viral ou por alergia. Inflamada, a laringe impede a passagem do ar, o que pode levar o paciente a sofrer condições respiratórias violentas, às vezes evoluindo para formas graves. A laringite costuma afetar crianças entre 1 e 6 anos. Seus principais sintomas são tosse forte que aparece de forma inesperada junto a episódios de falta de ar, seguidos de cianose (lábios azulados).

Tabagismo

O tabagismo pode provocar diversos problemas como, por exemplo, dor de garganta, infecções otorrinolaringológicas, anginas, rinofaringite, laringite e otite. Além disso, o tabaco é um dos causadores de diferentes formas de câncer, doenças cardiovasculares, asma e bronquite crônica.

Asma

Um dos sintomas da asma são episódios de tosse seca que se prolongam por várias semanas, às vezes meses e anos, e que aparecem frequentemente durante a noite ou após a realização de algum esforço pelo paciente. Outros sinais de asma são falta de ar, sensação de fadiga e episódios de bronquite aguda. Apesar disso, a asma é uma doença de difícil diagnóstico e o atraso no início do tratamento pode tornar o quadro irreversível, além de trazer grande desconforto ao paciente.

Bronquite e pneumonia

Bronquite e pneumonia produzem episódios de tosse muito violentos. Além disso, outras formas de tosse podem se desenvolver durante essas doenças.

Câncer de pulmão

Diversos sintomas, alguns comuns a muitas outras doenças, podem servir de base para o diagnóstico de um câncer de pulmão. Entre eles está a tosse persistente. Outros são falta de ar, gânglios no pescoço e clavícula, falta de apetite, emagrecimento rápido e dores torácicas.

Tuberculose

A tuberculose, doença contagiosa que se propaga pelo ar, pode provocar episódios graves de tosse com expectoração de sangue.

Coqueluche

De diagnóstico complicado e muitas vezes confundida com casos de bronquite, a coqueluche é uma doença que provoca tosse violenta no paciente. Os episódios vão se tornando cada vez mais fortes e frequentes com o desenvolvimento da doença, também chamada de tosse ferina. Os ataques de tosse costumam terminar com ruídos respiratórios similares ao canto de um galo. A tosse causada pela coqueluche deixa o paciente esgotado já que podem ocorrer até 20 vezes por dia. Entre um ataque e outro, o paciente respira com dificuldade e de forma barulhenta.

Enfisema pulmonar

O enfisema pulmonar, definido como a distensão dos alvéolos pulmonares com a consequente destruição de suas paredes, provoca tosse, bem como outros males do pulmão, como abscesso pulmonar, silicose, doença causada pela inalação de dióxido de silício, e embolia pulmonar, quando um coágulo de sangue proveniente de uma veia obstrui a artéria pulmonar.

Estresse

Algumas pessoas sofrem episódios de tosse quando passam por momentos de forte estresse e durante conflitos emocionais. Esta é a chamada tosse psicogênica, visto que é motivada pelo estado psicológico do paciente.

Refluxo

O refluxo gastroesofágico tem sua origem em uma disfunção do esfíncter do esôfago, válvula situada no encontro do esôfago com o estômago. Normalmente, essa válvula impede que o conteúdo presente no estômago suba de volta para o esôfago. Quando essa válvula não funciona corretamente ocorre o refluxo e pode surgir tosse e falta de ar no paciente.

Remédios

Diversos medicamentos tem a tosse entre seus efeitos colaterais. O mais comum deles são os remédios contra a hipertensão arterial.

Insuficiência cardíaca

A insuficiência cardíaca e a fibrose cística podem provocar tosse no paciente.

Foto: © Elena Kharichkina - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 1 de novembro de 2017 às 13:22 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Causas e complicações da tosse', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Fratura nas costelas: diagnóstico e tratamento
Hiperplasia endometrial: causas e tratamentos