Faringite crônica: sintomas e tratamento

A faringite crônica é a inflamação repetida da faringe sem causa infecciosa, que pode provocar modificações permanentes que terminam lesionando a mucosa, os tecidos linfoides e os músculos da faringe. O termo faringite crônica agrupa uma série de processos inflamatórios crônicos da mucosa da faringe. Às vezes, ela surge como resultado da evolução de um quadro de faringite associado a fatores coadjuvantes imunológicos ou genéticos.


Causas da faringite crônica

Diversos fatores podem provocar o desenvolvimento de um quadro de faringite crônica. Entre eles estão agentes químicos cauterizantes, pó, calor ou frio excessivos e variações bruscas de temperatura, ambientes de trabalho pouco úmidos por ar condicionado, uso intenso da voz (professores, cantores, vendedores, entre outros profissionais), tabagismo, consumo de álcool e abuso de vasoconstrictores nasais. Além disso, a presença de algumas doenças das vias respiratórias, tais como sinusite crônica, bronquite crônica e hipertrofia das amigdalas estão ligadas à ocorrência de faringite crônica. Doenças cardíacas ou renais, diabetes, insuficiência pulmonar e refluxo gástrico também estão entre as causas.

Sintomas da faringite crônica

Os sintomas da faringite crônica variam de acordo com o tipo da doença.

Faringite crônica simples

Os sintomas da faringite crônica simples são sensação de corpo estranho na garganta, tosse, sensação de secura na faringe, dores no pescoço e ao engolir. Não há febre.

Faringite crônica hiperplásica

Na faringite crônica hiperplásica, a mucosa da parede da faringite se torna mais grossa, granulosa e de coloração avermelhada. Existe secreção abundante, densa e incolor. Quase sempre também há sensação de corpo estranho na faringe. Náuseas e vômitos são frequentes.

Faringite crônica seca

Na faringite crônica seca, a parede posterior da faringe fica seca e com crostas de secreção. Esse tipo de faringite crônica está relacionado a variações climáticas ou mudanças de temperatura. As dores normalmente pioram em locais de clima seco e quente. À noite, o paciente encontra dificuldades para respirar, afetando o sono. Há possibilidade de pequenas hemorragias ao cuspir.

Diagnóstico da faringite crônica

O diagnóstico da faringite crônica é feita com base em exame clínico do paciente em busca dos sintomas típicos da doença. Também podem ser pedidos exames complementares para confirmação da faringite em caso de dúvida entre distúrbios com sinais similares, como sinusite, amigdalite e síndrome de Sjogren.

Tratamento da faringite crônica

O tratamento da faringite crônica que não está relacionada a agentes infecciosos se baseia no alívio e eliminação dos sintomas. É necessário realizar hidratação adequada, gargarejo com solução salina e inalação com vapor d'água.

Remédio para faringite crônica

Preparados anti-inflamatórios, antissépticos ou anestésicos locais podem ser utilizados durante o tratamento da faringite crônica. Além disso, a presença de agentes infecciosos na faringe pode exigir o uso de medicamentos antibióticos ou antivirais, de acordo com o patógeno causador do problema.

Tratamento caseiro da faringite crônica

Alguns produtos naturais são bastante eficazes para aliviar as dores e outros sintomas ligados à faringite crônica. O mel é o principal deles podendo ser consumido puro ou como forma de adoçar chás que aliviam a secura e as dores na garganta. Uma das infusões mais recomendadas para acompanhar o mel é o chá de tomilho, que deve ser consumido ao menos três vezes por dia. O chá de sálvia também faz bem.

Foto: © staras - Shutterstock.com
Artigo original publicado por DRA. MARNET. Tradução feita por Pedro.CCM. Última modificação: 25 de abril de 2017 às 15:26 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Faringite crônica: sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Mastruz: propriedades e indicações
Hepatite A: sintomas, diagnóstico e tratamento