Asma

Novembro 2017


Definição

a asma é uma doença inflamatória dos brônquios. Trata-se de uma doença crônica que aparece através de crises durantes as quais a pessoa enfrenta dificuldades para respirar, se torna ofegante e com uma respiração com ruídos. Entre duas crises, a respiração é normal na maior parte dos asmáticos. A alergia é uma das principais causas de asma. Pode se tratar de alergias a pólen, poeira, ácaros, pelos de animais, umidade etc. Além disso, o tabaco é um fator agravante.

Manifestações

existem diferentes graus de asma, que vão desde a asma leve até a asma severa em função da importância das crises, da frequência respiratória e da frequência da aparição de crises (de uma a mais semanas). Uma crise se manifesta através de uma respiração difícil, sobretudo para expirar, e uma respiração com ruído na expiração, e às vezes tosse. Esse tipo de crise pode ser acompanhado de sintomas anexos tais como um cansaço sério, dificuldades de oxigenação (quando o rosto fica azulado) ou ainda uma taquicardia.

Diagnóstico

Podemos fazer o diagnostico da asma quando estamos tendo uma crise, que é quando os sintomas aparecem. Fora de uma crise também é possível determinar a origem e gravidade da asma, seguindo uma série de procedimentos:
  • A exploração funcional respiratória que permite determinar as capacidades respiratórias;
  • Teste de provocação bronquial (comparação entre o volume de ar expirado antes e depois de ser colocado em contato com um alérgenos);
  • Teste de reversibilidade da obstrução após a inalação de um produto que dilata os brônquios.

Tratamento

a asma, enquanto doença crônica, deve ser tratada de maneira regular. Distinguimos 2 tipos de tratamentos: o tratamento da crise de asma, e o tratamento de fundo. O tratamento da crise que deve ser imperativamente conhecido pelos parentes e a criança faz uso de medicamentos inalados que permitem a dilatação dos brônquios, como o salbutamol ou a terbulatina. Corticoides podem igualmente ser tomados em forma de medicamentos durante alguns dias em doses decrescentes. Em caso de não melhor da crise apesar dos tratamentos bem conduzidos, é necessário ir ao hospital onde tratamentos mais fortes poderão ser realizados. O tratamento de fundo faz uso de corticoides por via inalada assim como a beclometasona ou a budesonida, ou outras moléculas como os bronquiodilatadores (foradil) ou os anti-leucotrienos.

Prevenção

Não existe tratamento que permita curar a asma de maneira definitiva. Enquanto isso, as crises podem se tornar mais raras e se atenuar em alguns casos. Para isso é necessário interromper o consumo de tabaco e se prevenir do tabagismo passivo. Além disso, é necessário tentar evitar o contato com o alérgenos em caso de asma alérgica. É por exemplo possível utilizar a roupa de cama da casa com anti-ácaros em casos de alergia a esses parasitas, evitar o contato com gatos em casos de alergia aos pelos de animais. A educação do paciente ou dos seus pais é indispensável e reduz o surgimento de crises graves. Escolas de asma existem para educar as famílias.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:47 por asevere.
Este documento, intitulado 'Asma', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.