Pelada do couro cabeludo: causas, sintomas e tratamento

Faça uma pergunta
A pelada do couro cabeludo, também chamada de alopecia areata, é uma condição que provoca perda de cabelo em placas. Esta patologia tende a se reverter espontaneamente, mas algumas formas de tratamento podem ser implementadas para acelerar o processo de recuperação.


Definição

A alopecia areata é uma forma de alopecia (queda de pelos ou cabelo) que se manifesta por perdas de cabelos em placas. Ela não se trata de uma doença grave ou causa complicações, mas pode ter sérias repercussões psicológicas e na qualidade de vida do paciente.

Causas

As causas desse fenômeno ainda não são precisamente determinadas. Essa patologia é atualmente considerada como uma provável doença autoimune, ou seja, causada pela agressão de células do organismo por seus próprios anticorpos. A pelada surge geralmente em uma pessoa em bom estado de saúde e pode afetar homens e mulheres de diferentes idades.

Sintomas

A pelada do couro cabeludo se manifesta por queda de zonas inteiras de cabelo, classicamente chamadas de placas. Em torno das placas bem delimitadas, o resto do couro cabeludo é perfeitamente normal. Essas quedas podem afetar qualquer parte do couro cabeludo. Sobre essas zonas de forma e tamanho variáveis (geralmente entre 1 e 5 cm de diâmetro), a pele é lisa, reluzente e sem nenhuma cicatriz. Os cabelos em torno das placas são mais curtos e espessos. De acordo com o volume das perdas, falaremos de alopecia areata decalvante que afeta todo o couro cabeludo, ou alopecia areata universal, quando afeta pelos de outras partes do corpo.

Diagnóstico

O diagnóstico da alopecia areata é clínico e nenhum outro exame complementar se faz necessário. A simples observação por parte de um profissional capacitado já determina a identificação do problema.

Tratamento

Na grande maioria dos casos, os cabelos crescem espontaneamente em um prazo de 6 a 18 meses. De qualquer forma, diferentes tratamentos, como reposições em aplicação cutânea ou uso de minoxidil em aplicação local, permitirão acelerar a reposição dos fios. Para casos mais pronunciados, pode-se considerar tratamentos mais potentes, como utilização de raios ultravioleta. Além disso, acompanhamento psicológico pode contribuir para um suporte às pessoas afetadas em caso de perda de autoestima e problemas de imagem.

Prevenção

Como as causas da pelada do couro cabeludo ainda são pouco conhecidas, nada permite hoje em dia de prevenir a aparição desta condição.

Foto: © CatherineL-Prod - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também