Causas da perda de leite pelos seios

Junho 2017

A secreção de leite dos seios fora do período de gravidez ou amamentação, chamada cientificamente de galactorreia, é um transtorno frequente com diversas causas.


É normal sair leite dos seios sem estar grávida

A galactorreia é a secreção anormal de leite pelos mamilos em período diferente da gestação ou amamentação. Esta situação pode se dar em apenas um ou nos dois seios e ocorrer de maneira involuntária ou apenas através de estímulo físico. O aspecto e consistência do leite também varia de mulher para mulher.

Grupos de risco da galactorreia

Ainda que a galactorreia possa ocorrer em mulheres de qualquer idade, ela afeta com mais frequência aquelas entre 20 e 35 anos que já passaram por ao menos uma gravidez. Esta condição é possível, porém raríssima, entre homens e crianças.

Causas da galactorreia

Cerca de 50% dos casos de galactorreia não estão associados a uma causa aparente e identificável. Porém, a causa mais comum deste transtorno está ligado ao surgimento de adenomas na hipófise, tumores benignos que também podem afetar homens. Esta glândula é responsável pela secreção de hormônios que estimulam a produção de leite.

Outras causas para a galactorreia são consumo de drogas, entre elas a maconha, medicamentos antidepressivos, opiáceos, remédios para controle da hipertensão e calmantes. O uso excessivo de alguns suplementos herbais como urtiga e sementes de feno grego também pode causar a galactorreia.

Galactorreia é sinal de gravidez

Não. Como visto na seção acima, existem muitas outras causas para a saída de leite pelos seios. A ocorrência desta perda não indica uma gravidez de modo definitivo, mas pode ser um sinal de gestação ainda não descoberta. No entanto, outros sintomas da gravidez costumam surgir bem antes da perda de leite pelos seios.

Perda de líquido nos seios durante a gravidez

Mulheres em fase final de gestação costumam perceber a saída de um líquido espesso e de coloração amarelada dos seios. Chamado de colostro, este líquido é secretado até três dias após o parto e deve ser ingerido pelo bebê por ser rico em anticorpos essenciais para o desenvolvimento do recém-nascido. Aos poucos, ele vai sendo substituído pelo leite materno.

Foto: © Alexandr Porubaymykh - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 19 de junho de 2017 às 15:05 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Causas da perda de leite pelos seios', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.