Cancro sifilítico - Definição


Definição de cancro sifilítico

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível muito contagiosa causada pela bactéria Treponema pallidum. Durante a primeira fase da doença, um dos sintomas mais típicos é o surgimento do cancro sifilítico, pequena lesão localizada na região genital, geralmente na base da glande dos homens e na vulva das mulheres. O cancro está cheio de bactérias e é altamente contagioso. Ele é uma lesão superficial, circular, indolor, de cor rosada e dura. Em caso de lesões que se assemelhem a essa descrição, é preciso realizar um exame de sangue para confirmar a infeção pelo Treponema em 10 dias. Um estudo microscópico também é possível nas primeiras etapas. Se há a confirmação, o tratamento deve ser feito com penicilina. Deve-se buscar outras possíveis infecções sexuais associadas e os parceiros sexuais do paciente também devem ser examinados e tratados se necessário. Nas relações sexuais, é imperativo o uso de preservativo até a cura definitiva da sífilis.
Artigo original publicado por Jeff. Tradução feita por asevere. Última modificação: 14 de maio de 2018 às 13:07 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Cancro sifilítico - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Cariótipo - Definição
Dreno de Redon - Definição