Hemostasia primária - Definição

Faça uma pergunta

Definição de hemostasia primária

A hemostasia primária é a primeira fase do processo de hemóstase, que permite a interrupção de um sangramento. Após a vasoconstrição, que reduz o fluxo sanguíneo, a hemostasia primária começa, seguida da hemostasia secundária. A hemostasia primária é a ação através da qual as plaquetas sanguíneas são recrutadas, aderem à parede da lesão e secretam substâncias para formar uma massa de sangue, chamada de tampão de plaquetas ou trombo branco.


Essa massa é provisória e será substituída por um coágulo quando a coagulação ocorrer durante a fase de hemostasia secundária. A hemostasia primária é estudada pelo tempo de sangramento, que aumenta em caso de algumas doenças. As doenças das plaquetas como trombocitopenia, trombopatias (anomalia do funcionamento) e a doença de Willebrand são as principais doenças da hemostasia primária.
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também