Fluconazol: para que serve e efeitos colaterais

Faça uma pergunta
Fluconazol é um medicamento da classe dos antifúngicos também comercializado sob os nomes Candizol, Flucazol, Triazol, Zoltec, entre muitos outros. O remédio pode ser encontrado em comprimidos orais e pomadas.


Para que serve (indicação)

O fluconazol é uma substância antifúngica, ou seja, que combate infecções por fungos. Especificamente, o fluconazol é prescrito para o tratamento da candidíase vaginal, balanite (infecção no pênis) e infecções fúngicas dermatológicas. Uma vasta série de espécies de fungos patogênicos podem ser combatidos com este medicamento.

Modo de uso (posologia)

A forma de usar o fluconazol depende de qual doença se quer combater. Além disso, a versão do remédio em comprimidos é de uso mais extenso, abarcando um número maior de infecções.

Fluconazol em comprimido

Para o combate a quadros agudos de infecções genitais (candidíase vaginal e balanite), a posologia do fluconazol é de dose única de 150 miligramas. Já entre mulheres com candidíase vaginal recorrente, a recomendação é de uma dose mensal de 150 mg e o tratamento pode durar até um ano. Por fim, para infecções de pele indica-se uma dose semanal de 150 mg por até seis semanas.

Fluconazol em pomada

A pomada de fluconazol é prescrita apenas para casos de infecções fúngicas dermatológicas. Nesses casos, o creme deve ser espalhado por toda a extensão das lesões de pele. A duração do tratamento depende da evolução do quadro e da análise médica.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do uso de fluconazol são dor de cabeça, dor abdominal, diarreia, vermelhidão na pele e aumento na concentração de substâncias geradas pelo fígado. Além disso, outros quadros são mais raros, como vertigem, convulsões, coceira, urticária, dificuldades de digestão e distúrbios do sono.

Contraindicações

O fluconazol é um medicamento da categoria B e, portanto, não deve ser utilizado por gestantes e mulheres amamentando se não houver autorização médica. Menores de 18 anos e idosos acima dos 60 anos não devem fazer uso de dose única de 150 mg de fluconazol, assim como pacientes com insuficiência renal. Pelo risco de efeitos colaterais mais graves, o fluconazol não pode ser tomado ao mesmo tempo que medicamentos com astemizol, cisaprida, pimozida, quinidina ou eritromicina.

Composição

Um comprimido de 150 mg é composto por igual quantidade de fluconazol e excipientes (lactose, laurilsulfato de sódio, estearato de magnésio e croscarmelose sódica).


Foto: © warayoo - 123RF.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também