Efeitos colaterais da amoxicilina

A amoxicilina é um antibiótico indicado para tratar infecções causadas por bactérias. Disponível no mercado com os nomes Amoxifar, Amoxil, Novoclin, Velamox, Amoximed e Amoxina, além da versão genérica, a amoxicilina está disponível em posologias que vão de 250 a 500 mg, em comprimidos ou pó para suspensão (xarope).


Para que serve a amoxicilina

Vendida apenas com prescrição médica, a amoxicilina é indicada para tratar infecções bacterianas como amigdalite, pé diabético, vaginite ou infecções urinárias e respiratórias. Pode ser utilizada tanto por crianças quanto por adultos e combate, geralmente, bactérias do gênero Coli, Streptococcus, Gonorrhoea, Enterococcus, Shigellae, Haemoplhilus, Salmonella, Helicobacter, Moraxella e Helicobacter pylori.

Como tomar (posologia)

O mais comum é que a dosagem de 500 mg de amoxicilina seja ingerida de 8 em 8 horas ou 750 mg a cada 12 horas, dependendo de cada caso e da prescrição médica. Para a versão xarope, a forma de uso é a mesma. Infecções leves ou moderadas podem ter doses ajustadas para 250 mg diários.


Crianças com até 10 anos de idade têm dose recomenda de 125 mg administrados 3 vezes por dia, de 8 em 8 horas. Em casos específicos, a dose pode ser aumentada para 250 mg, 3 vezes ao dia, na mesma frequência de horários.

Pacientes idosos, ou seja, com mais de 60 anos, devem ingerir uma dose de 250 mg 3 vezes ao dia a cada 8 horas. Em casos específicos a dose pode aumentar para 500 mg, na mesma frequência, desde que sejam observados os efeitos colaterais.

Importante: nenhum medicamento deve ser ingerido sem recomendação médica. Consulte sempre um especialista antes de iniciar um tratamento.

Contraindicações da amoxicilina

A amoxicilina é contraindicada para mulheres gestantes ou que estão amamentando (exceto exceções avaliadas pelo médico), além de quem possui histórico de alergias ou diarreia proveniente do uso de antibióticos. Pacientes com alergia ao ácido acetilsalicílico, histórico de febre glandular ou mononucleose, bem como com doenças nos rins, problemas para urinar e quem faz tratamento com medicamentos para prevenir coágulos sanguíneos.

Efeitos colaterais da amoxicilina

A ingestão de altas doses de substâncias presentes na amoxicilina pode gerar males como insuficiência renal, convulsões, epilepsia, candidíase, diarreia, perda de sangue nas fezes, náuseas, vômitos, vertigens, dor de cabeça, dores abdominais e, em casos graves, alterações nos glóbulos brancos do sangue.

Ingestão de amoxicilina na gestação

Este medicamento pode ser ingerido na gravidez apenas sob indicação médica. Em gestantes com risco de parto prematuro, a amoxicilina eleva o risco de inflamações intestinais no bebê.

Uso da amoxicilina por lactantes

O uso da amoxicilina durante o aleitamento é permitido, porém, se o bebê tem casos de diarreia ou erupções cutâneas o medicamento deve ser suspenso.

Composição

A Amoxicilina 500 mg contém, em cada cápsula, 500 mg de Amoxicilina anidra e excipientes (laurilsulfato de sódio, talco, estearato de magnésio e dióxido de silício coloidal; componentes da cápsula: dióxido de titânio, metilparabeno, propilparabeno, gelatina, tartrazina,azul brilhante,carmoisina, laurilsulfato de sódio).


Cada 5 ml da suspensão oral (xarope) contém amoxicilina tri-hidratada: 229,6 mg (equivalente a 200 mg de amoxicilina, para a versão 200 mg); 459,2 mg (equivalente a 400 mg de amoxicilina) de amoxicilina tri-hidratada na versão 400 mg, além de 5 ml de veículo (aroma de morango, benzoato de sódio, citrato de sódio di-hidratado, corante vermelho ponceau 4R, dióxido de silício, goma xantana, celulose microcristalina e carmelose sódica, sacarose, silicona).

Foto: © okawa somchai - Shutterstock.com
Artigo original publicado por Jeff. Tradução feita por Natali_CCM. Última modificação: 4 de abril de 2018 às 06:47 por Bruna.CCM.
Este documento, intitulado ' Efeitos colaterais da amoxicilina', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Para que serve e como usar a fluoxetina
Voltaren: indicações e contraindicações