Metronidazol: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Faça uma pergunta
O metronidazol é um medicamento utilizado para o tratamento de infecções por bactérias e protozoários. Alguns de seus nomes comerciais são Flagyl, Candifen e Hidazol. Ele é encontrado na forma de comprimidos e gel vaginal.


Para que serve (indicação)

O metronidazol tem uso recomendado para infecções por protozoários (giardíase, amebíase, tricomoníase) e por bactérias anaeróbias, tais como bactérias que atacam o sistema reprodutor feminino e o Helicobacter pylori, que afeta o sistema gastrointestinal.

Como tomar (posologia)

O metronidazol é encontrado em comprimidos de 250, 400 e 500 miligramas e a dosagem recomendada vai depender do tipo de infecção sofrida pelo paciente. Para a amebíase, por exemplo, recomenda-se o uso de 500 mg a cada oito horas durante até 10 dias. Já a tricomoníase exige dose única de 2000 mg do remédio. Além disso, o gel vaginal pode ser prescrito em alguns casos. Para o tratamento da Gardnerella, deve-se realizar uma aplicação diária intravaginal durante cinco dias.

Atenção: a automedicação é uma ação perigosa e que muitas vezes não produz os efeitos esperados pela substância. Siga apenas as recomendações médicas e não interrompa o tratamento pela metade, quando os sintomas desaparecerem.

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns do uso de metronidazol são náusea e vômito, cólicas abdominais e prisão de ventre. Também é possível ocorrer quadros de dor de cabeça, tontura e distúrbios do sono. Outros problemas são bastante raros.

Contraindicações

O metronidazol é contraindicado para pacientes alérgicos a qualquer substância da fórmula, gestantes durante o primeiro trimestre de gravidez e mulheres em período de amamentação. Além disso, não se deve combinar o uso da droga com consumo de bebidas alcoólicas já que o metronidazol, nesses casos, provoca efeitos colaterais importantes e muito incômodos, tais como vômitos, falta de ar e palpitações.

Composição

O metronidazol em comprimidos possui a quantidade indicada do princípio ativo - 250, 400 ou 500 mg - mais excipientes (estearato de magnésio, celulose microcristalina, povidona). Já o gel vaginal possui 500 mg de metronidazol para cada 5 gramas do produto mais excipientes.

Foto: © namtipStudio - Shutterstock.com

Arovit: para que serve, como tomar e efeitos colaterais
Aciclovir: para que serve, como tomar e efeitos colaterais