Adesivo contraceptivo: vantagens e efeitos colaterais

O adesivo contraceptivo, também conhecido como patch contraceptivo, é um método anticoncepcional que combina os hormônios estrogênio e progesterona. Tornou-se uma boa alternativa à pílula, especialmente para as mulheres que tendem a esquecer facilmente a hora de tomar o medicamento. Além disso, o patch é tão eficaz quanto a pílula anticoncepcional, desde que sejam seguidas corretamente suas recomendações de uso.


Como atua o adesivo contraceptivo

O adesivo contém os mesmos derivados de progesterona e estrogênio que estão em várias pílulas anticoncepcionais. Esses hormônios são liberados a partir do adesivo e absorvidos através da pele.

Como usar o adesivo contraceptivo

O adesivo é usado continuamente e trocado semanalmente. A mulher deve colocá-lo na região da barriga, nádegas, costas ou na parte superior do braço. Enquanto usá-lo, ela pode tomar banho, nadar ou praticar esportes sem quaisquer problemas. Como a pílula, o adesivo contraceptivo não constitui um meio de proteção contra doenças sexualmente transmissíveis. Também nos mesmos moldes da pílula, o patch deve ser usado durante três semanas e não ser colocado na seguinte, durante a menstruação da mulher.

Vantagens do adesivo contraceptivo

É mais fácil lembrar de substituir o sistema a cada semana do que lembrar de tomar a pílula todos os dias. Ele é, portanto, ideal para mulheres que costumam esquecer de ingerir a pílula sempre na hora certa, o que a longo prazo reduz a eficácia do método. Da mesma forma, o fato de não ter que trocar o patch todos os dias reduz o risco de falha do método contraceptivo.

Prescrição médica do adesivo contraceptivo

Assim como a pílula anticoncepcional, o adesivo deve ser prescrito por um médico e vendido apenas com apresentação de receita médica. A decisão quanto ao método contraceptivo utilizado pela mulher deve ser feita em conjunto com seu ginecologista, que tem a palavra final.

Efeitos colaterais do adesivo contraceptivo

O uso do sistema contraceptivo pode resultar em erupções cutâneas no local onde foi colocado, de modo que é necessário mudar este lugar a cada semana. Outros efeitos colaterais são idênticos aos da pílula: hipersensibilidade nas mamas, dores de cabeça, náuseas, etc. Os fatores de risco cardiovasculares são idênticos aos da pílula anticoncepcional, especialmente o risco de trombose venosa profunda.

Nome comercial do adesivo contraceptivo

Com registro no Brasil desde 2002, o Evra é o adesivo contraceptivo mais encontrado em farmácias do país. Em geral, ele é vendido em embalagens com três adesivos, suficientes para um ciclo menstrual.

Preço do adesivo contraceptivo

Um pouco mais caro que a pílula anticoncepcional, o adesivo pode ser encontrado em drogarias com preço entre R$ 50 e R$ 85.

Foto: © Tomasz Trojanowski - Shutterstock.com
Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 9 de março de 2017 às 15:01 por CCM International.
Este documento, intitulado 'Adesivo contraceptivo: vantagens e efeitos colaterais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Sapiossexualidade: definição e origem
DIU: gravidez e fertilidade