Magnésio: fontes e benefícios

Abril 2017

O magnésio é essencial para o bom funcionamento do organismo. Ele é encontrado em muitos alimentos e atua contra fadiga, estresse e depressão.


Para que serve o magnésio

O magnésio é usado para prevenir doenças cardíacas e diabetes tipo 2 assim como complicações que dela resultam. Também ajuda a aliviar os sintomas da síndrome pré-menstrual (caracterizada por fadiga intensa, inchaço do abdômen, dor de cabeça e irritabilidade).

Falta de magnésio

A deficiência de magnésio pode ser responsável por cansaço, ansiedade, estresse e até mesmo depressão. Os sintomas da carência de magnésio são cãibras noturnas, formigamento nos pés e mãos, dor de cabeça incomum, fadiga, mudanças de humor, entre outros.

Suplemento de magnésio

Caso estes sintomas apareçam, é possível fazer um tratamento para suplementação de magnésio. Ele costuma durar de 20 a 30 dias, no máximo. Disponível em cápsulas ou sachês, o magnésio traz energia e qualidade do sono e, consequentemente, reduz o estresse. Pode também desempenhar papel na prevenção da osteoporose, por ajudar a fixar o cálcio no osso.

Magnésio marinho

Presente em supermercados, farmácias e drogarias em diversas formas, o magnésio clássico - com base muitas vezes em vitaminas B6 - é bastante conhecido. No entanto, hoje vemos um aumento do uso de magnésio marinho. Algumas pessoas têm dificuldade para absorver o magnésio, o que pode causar diarreia. Extraído da água do mar, o magnésio marinho é melhor tolerado pelo organismo, principalmente porque é a forma mais natural de magnésio.

Função do magnésio

O magnésio está envolvido na saúde dos dentes e ossos, na imunidade e desempenha papel importante na contração e relaxamento muscular. Está também envolvido na produção de energia e transmissão de impulsos nervosos. Ele também atua na regulação da frequência cardíaca, pressão arterial e ajuda no controle dos níveis de açúcar no sangue.

Posologia do magnésio

A dose diária recomendada de magnésio varia de acordo com sexo, idade e estilo de vida. Recomenda-se 420 mg por dia para homens e 360 mg para mulheres. Este valor pode ser mais elevado em grávidas, lactantes, idosos, pessoas de dieta, praticantes de esportes ou pessoas que tomam certos tipos de medicamentos, como laxantes ou diuréticos. Em princípio, a ingestão de magnésio é suficiente se a alimentação for equilibrada. Em caso de deficiência, fatores de risco (resistência à insulina, diabetes tipo 2, histórico de falta de magnésio) ou síndrome pré-menstrual, é aconselhável tomar 500 mg diariamente durante a refeição. Para combater a hipertensão, é possível tomar até 1 grama por dia dividida em três doses.

Alimentos com magnésio

O magnésio é um mineral que pode ser encontrado em muitos alimentos, incluindo cereais, feijões branco e preto, peixes como atum e linguado, castanha de caju, castanha do Pará, nozes, amêndoas, espinafre, alcachofras, levedura de cerveja e chocolate escuro.

Foto: © Evan Lorne - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Joana.Saude. Última modificação: 10 de abril de 2017 às 13:03 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Magnésio: fontes e benefícios', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.