Cefalexina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais

Abril 2018

A cefalexina é um medicamento da classe dos antibióticos também comercializado sob o o nome de Keflex. O remédio pode ser encontrado em comprimidos de 500 miligramas ou xarope.


Para que serve (indicação)

A cefalexina é um medicamento antibiótico utilizado para o combate a infecções causadas por bactérias gram positivas e alguns tipos de bactérias gram negativas. Seu uso é indicado, por exemplo, contra quadros de sinusite, faringite, infecções dermatológicas, infecções urinárias e respiratórias.

Como tomar (posologia)

A dosagem usual para adultos é de 250 mg (meio comprimido ou 5 mililitros de xarope) a cada seis horas. Em algumas condições, é possível a prescrição de 500 mg a cada 12 horas. Para crianças, a dosagem deve se basear no peso do paciente. Em geral, o cálculo é de 25 ou 50 mg por cada quilo. O medicamento também precisa ser fracionado em usos a cada seis ou 12 horas.

Atenção: o uso de cefalexina só deve ser feito sob prescrição e acompanhamento médicos. A automedicação é perigosa e, no caso de antibióticos, pode se mostrar ineficaz caso o paciente esteja acometido por uma infecção viral. Apenas um médico é capaz de determinar a origem da doença e seu tratamento.

Efeitos colaterais

O efeito colateral mais comum do uso de cefalexina é a diarreia. Também há outros problemas gastrointestinais, como dor abdominal, náuseas e vômitos. Dentre as reações alérgicas ao medicamento, as mais comuns são erupção cutânea e urticária. Por fim, há registros de coceira anal e genital, corrimento vaginal, maior agitação, dor de cabeça e fadiga.

Contraindicações

A única contraindicação direta ao uso de cefalexina é para pessoas com alergia a medicamentos do grupo das cefalosporinas, caso da cefalexina, penicilina e outras. O antibiótico é enquadrado na categoria B e, por isso, seu uso por gestantes e mulheres amamentando deve ser feito com cuidado. Por fim, idosos e pacientes com insuficiência renal também devem fazer uso de cefalexina com cuidado e sob acompanhamento médico.

Composição

O comprimido de cefalexina possui 500 mg de cefalexina monoidratada e excipientes (celulose microcristalina, lactose, dióxido de silício coloidal, glicolato de amido sódico, polietilenoglicol e estearato de magnésio). Por sua vez, 5 ml do xarope conta com 250 mg de cefalexina monoidratada e ainda mais excipientes (cloreto de sódio, açúcar refinado, neoesperidina, estearato de alumínio, dióxido de silício coloidal, crospovidona, óleo de castor hidrogenado, óleo de coco fracionado, lecitina de soja, butilparabeno, aroma de menta, aroma de abacaxi, corante laca amarelo crepúsculo e corante laca amarelo tartrazina).

Foto: © Thirteen - 123RF.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 21 de março de 2018 às 16:17 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Cefalexina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Sibutramina: para que serve, como tomar e efeitos colaterais
Xenical (orlistate): para que serve, como tomar e efeitos colaterais