Cetoprofeno: para que serve e efeitos colaterais

Faça uma pergunta
O cetoprofeno é um anti-inflamatório não esteroide que pertence ao grupo dos ácidos propiônicos, ao lado do ibuprofeno, naproxeno e fenoprofeno, podendo ser encontrado na forma de comprimidos, gotas, gel ou solução injetável. Alguns dos anti-inflamatórios desse tipo são comercializados apenas com prescrição médica e seus nomes mais comuns são Profenid, Ceprofen e Artrosil.


Para que serve o cetoprofeno (indicação)

O cetoprofeno ajuda a combater inflamações agudas, subagudas ou crônicas e também é utilizado no tratamento sintomático da febre. Em particular, essa substância é utilizada em casos de dores articulares, tais como artrose, artrite, reumatismo inflamatório, estiramentos, tendinite, além de dores nas costas, na cabeça e enxaquecas.

Cetoprofeno serve para dor de dente e garganta?

Sim, o cetoprofeno pode ser usado para o tratamento de dor de dente e garganta. Assim como em outras condições, seu uso deve ser feito sob prescrição médica.

Cetoprofeno injetável

Em sua versão injetável, o cetoprofeno pode ser utilizado para tratar cólicas renais. Seu uso também é feito em animais.

Comercializada em frasco de 100 mg, deve ser dissolvida em 100 a 150 ml de solução de cloreto de sódio 0,9%, glicose 5% ou glicose 10%. O produto é administrado por infusão intravenosa lenta, por aproximadamente por 20 minutos.

Posologia do cetoprofeno

Em geral, o cetoprofeno é prescrito em duas doses diárias de 100 miligramas cada. Em casos em que essa quantidade não seja suficiente para tratar o paciente, a dosagem pode ser elevada para até 300 mg por dia. Idosos e pacientes com problemas renais e hepáticos devem manter a dosagem mínima eficaz e não fazer tratamentos prolongados com cetoprofeno.

A versão em gotas deve ser ingerida da seguinte forma: para crianças acima de 1 ano, 1 gota por kg de peso, a cada 6 ou 8 horas; de 7 a 11 anos: 25 gotas, a cada 6 ou 8 horas. Adultos podem ingerir 50 gotas a cada 6 ou 8 horas.

Já o Cetoprofeno em gel deve ser aplicado na região afetada de duas a três vezes por dia, de acordo com a recomendação médica.

Importante: a automedicação pode trazer riscos à saúde do paciente, além não provocar os efeitos esperados. Portanto, faça uso do cetoprofeno apenas com prescrição e indicação médica.

Efeitos colaterais do cetoprofeno

Entre os efeitos colaterais do cetoprofeno estão distúrbios digestivos (úlceras, sangramento - especialmente em idosos), dores abdominais, náuseas, vômitos, diarreia, gases e constipação, que pode evoluir para casos de Doença de Crohn ou colite ulcerosa.

Contraindicações do cetoprofeno

O cetoprofeno não deve ser dado para crianças, mulheres no último trimestre de gravidez (em outras fases da gestação, o uso deve ser autorizado por um médico) e pacientes com insuficiência cardíaca, renal ou hepática severas. A longo prazo, o cetoprofeno não deve ser ministrado em adolescentes com menos de 15 anos.

Composição

Um comprimido de 100 mg contém 100 mg de cetoprofeno e excipientes (celulose microcristalina, copovidona, dióxido de silício, estearato de magnésio, lactose monoidratada, simeticona, dióxido de titânio, corante laca amarelo quinolina, copolímero do ácido metacrílico, talco, citrato de trietila, bicarbonato de sódio, laurilsulfato de sódio, hipromelose, macrogol, água deionizada).


A versão gotas possui, por ml, 20 mg de cetoprofeno e 1 ml de veículo (álcool etílico, aroma de cacau, ciclamato de sódio, caramelo, hidróxido de sódio, propilenoglicol, sacarina sódica di-hidratada, água deionizada).

Já a opção em gel possui, por grama, 25 mg de cetoprofeno e veículo (carbômer, essência Veneza, propilenoglicol, trolamina, álcool etílico, água deionizada).

O Cetoprofeno injetável possui, por frasco-ampola, 100 mg de cetoprofeno e excipientes (glicina, ácido cítrico e arginina).


Foto: © Thirteen - Shutterstock.com

Dupla personalidade: sintomas e tratamento
Sapinho: causas e tratamento