Laxante emagrece: mito ou verdade

Dezembro 2017

Muitas pessoas costumam relacionar o uso do laxante ao emagrecimento, mas, de fato, o laxante desincha, e não emagrece. Sua ação acontece na limpeza do intestino, o que gera a sensação de perda de peso, já que a barriga fica menor.


Riscos de usar laxante para emagrecer

Os laxantes de contato não devem ser usados constantemente, já que há o risco de viciarem o intestino. Além disso, alguns laxantes podem causar diarreia, culminando em desidratação. Por isso, é fundamental que o laxante seja utilizado para emagrecer apenas em casos de recomendação médica. Para casos de intestino preso, o recomendável é consumir alimentos ricos em fibras.

Males causados pelo laxante para emagrecer

Ao fazer uso de laxantes na tentativa de emagrecer, uma pessoa corre riscos de ter doenças cardíacas e também renais, como a síndrome da má absorção.

Como melhorar o funcionamento do intestino

Em vez de ingerir laxantes para esvaziar o intestino, o mais recomendável é se alimentar de maneira adequada, ingerir muita água e alimentos com fibras, como frutas e aveia, além de praticar exercícios físicos, que aceleram o trânsito intestinal e estimulam a perda de peso.

Chás laxativos e seus riscos

Na tentativa de emagrecer, é comum algumas pessoas tomarem chás que prometem emagrecer, pois têm efeito laxativo, mas seu uso abusivo traz riscos para o organismo, principalmente devido às substâncias das plantas que são usadas, que podem causar irritação da mucosa intestinal.

Foto: © Ljupco Smokovski- Shutterstock.com
Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 16 de outubro de 2017 às 23:03 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Laxante emagrece: mito ou verdade', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.