Fibrose cística: sintomas e tratamento

Dezembro 2017


Fibrose cística e genética

A fibrose cística é uma doença genética hereditária que afeta o funcionamento celular de vários órgãos como os pulmões, tubo digestivo, fígado, pâncreas e órgãos reprodutivos. Cerca de 80% dos casos de fibrose cística são diagnosticados em bebês com menos de 1 ano.

Causas da fibrose cística

A fibrose cística se deve a uma alteração do gene CFTR, que se localiza no cromossomo 7. Ele possui a informação necessária para a fabricação de uma proteína que regula o transporte de cloro através da membrana das células epiteliais. Por conta disso, o cloro não atravessa corretamente as membranas das células e esta disfunção altera a produção das secreções de diferentes células do organismo, provocando infecções respiratórias e transtornos digestivos.

Sintomas da fibrose cística

Os principais sintomas e sinais de alerta da fibrose cística são desidratação acentuada em dias de calor intenso, dores abdominais violentas, prisão de ventre, presença de sangue ao cuspir, vômitos de sangue e agravamento rápido da condição respiratória.

Doenças associadas à fibrose cística

Diversas doenças estão associadas a um quadro de fibrose cística. Entre elas estão principalmente condições ligadas ao sistema respiratório, tais como Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), infecções crônicas e sinusite. Além disso, há risco de infertilidade masculina, insuficiência pancreática, obstrução intestinal e cirrose hepática.

Tratamento da fibrose cística

Dois tipos de tratamento permitem melhorar a qualidade de vida do paciente. O primeiro se baseia em um regime alimentar hipercalórico para prevenção da desnutrição e que conta com suplementação de diversas substâncias, como as vitaminas A, D, E e K, ferro, zinco, selênio e magnésio. A outra medida é a prevenção de infecções respiratórias. Atualmente, pesquisadores têm trabalhado no desenvolvimento de terapias genômicas que consistiriam na introdução de genes CFTR em bom estado nas células afetadas.

Fibrose cística tem cura

A fibrose cística não tem cura atualmente. Os tratamentos hoje à disposição são capazes apenas de melhorar a qualidade de vida do paciente. No entanto, a terapia genômica pode ser uma forma de, no futuro, garantir a cura da doença.

Esperança de vida da fibrose cística

Atualmente, a esperança de vida de pacientes com fibrose cística é de 36 anos.

Foto: © Fotolia.
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 17 de outubro de 2017 às 21:44 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Fibrose cística: sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Laxante emagrece: mito ou verdade
Doença de Chagas: trasmissão e sintomas