0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Câncer no palato: sintomas e tratamento

O câncer no palato é uma das variantes de câncer da cavidade bucal. Mais comum em homens do que mulheres, ele leva esse nome porque afeta a parte superior da cavidade bucal, denominada palato ou via palatina. Podem também haver complicações no palato duro ou mole - partes mais profundas da boca.


Definição de câncer no palato

Mais raro que o câncer nos lábios ou língua, o câncer no palato afeta as vias aerodigestivas superiores e atinge particularmente fumantes e pessoas que consomem álcool em excesso. Isso ocorre porque tabaco e álcool aumentam consideravelmente o risco de se desenvolver câncer no palato e a associação dessas substâncias tóxicas multiplica os riscos. O desenvolvimento de um câncer no palato pode, ainda, estar associado a outro câncer na região da boca.

Sintomas do câncer no palato

As manifestações do câncer no palato podem estar ausentes no início da doença. Quando isso ocorre, falamos de câncer assintomático. A descoberta de uma pequena lesão no interior da boca pode ser o único sinal físico. Em seguida, outros sintomas surgem, como lesão avermelhada sobre o palato, dor ao engolir, dificuldade de se alimentar, sangramento e dor no ouvido. Há casos, porém, em que o único sinal é o inchaço de gânglios. Fadiga, perda de apetite e de peso também estão presentes nesse quadro.

Diagnóstico do câncer no palato

O diagnóstico se estabelece sobre as informações fornecidas pelo paciente e após exame dos sinais clínicos. Um dentista ou médico pode identificar lesões suspeitas do palato. Para confirmar o diagnóstico, é necessário realizar uma biópsia da lesão. Como esse tipo de câncer pode ser associado a outros tumores, um exame para estudar todas as vias aerodigestivas superiores deve ser feito em busca de possíveis lesões em outras regiões.

Tratamento do câncer no palato

O tratamento dependerá do tamanho do tumor e dos resultados do exame de extensão. Diversas alternativas de tratamento são possíveis, como radioterapia, cirurgia precedida de quimioterapia ou cirurgia seguida pela radioterapia. Os gânglios afetados devem ser igualmente tratados com uma curetagem ganglionar.

Como prevenir o câncer no palato

Em geral, é possível evitar - ou pelo menos reduzir consideravelmente os riscos - os cânceres do palato e das vias aerodigestivas superiores interrompendo o consumo de tabaco e bebidas alcoólicas.

Foto: © allia - 123RF.com

Veja também

0 Comentário