Dor do siso e extração do dente

Faça uma pergunta
A extração dos dentes do siso é uma intervenção cirúrgica que pode acontecer a partir dos 18 anos, geralmente motivada por dores intensas ou complicações mais graves. O siso corresponde ao terceiro molar situado no fundo da arcada dentária. Ele se desenvolve já na vida adulta e, às vezes, pode empurrar ou forçar outros dentes, causando dor. Em geral, cada pessoa tem quatro sisos, mas há casos de quem desenvolveu número maior ou menor de dentes.


Extração do dente do siso

A extração total ou parcial dos sisos é a cirurgia bucal mais frequente. Ela é feita sob anestesia local e, mais raramente, geral. A retirada se faz necessária por mau posicionamento que origina dor ou inflamação, risco de alteração do alinhamento dos dentes por falta de espaço para o crescimento e sisos cariados que não podem ser tratados. Na maioria dos casos, a intervenção não é dolorosa.

Sintomas do dente do siso

A dor, de intensidade variável, é o sintoma mais comum relatado após a extração de um siso. Também podem haver sangramentos e edemas. A dor se localiza na região operada e costuma ser mais forte nos dentes da parte de baixo da boca. Em casos onde o dentista é obrigado a fazer uma incisão na gengiva para retirar o dente, as dores tendem a ser maiores.

Dor da extração do dente do siso

A dor é tratada aplicando gelo sobre o local, o que reduz o edema formado. Também é possível o uso de anti-inflamatórios. Consulte o seu dentista assim que sentir o primeiro sinal de inflamação da gengiva.

Pós-operatório do dente do siso

A complicação mais comum após uma extração do dente do siso é a alveolite dentária. Também pode ocorrer formação de abscessos, osteítes (inflamação do tecido ósseo), lesões do segundo molar, afrouxamento de uma coroa, corte acidental durante a operação e sinusite, nos casos em que o dente extraído estava posicionado no céu da boca.

Riscos de não extrair o dente do siso

Em casos em que o nascimento dos sisos não provoca dores e outros problemas, não há risco em não extraí-lo. Já se alguns dos sintomas relatados, tais como dor e desalinhamento da arcada dentária, ocorrerem, a não retirada cirúrgica dos dentes pode provocar dores muito intensas, destruição dos dentes e surgimento de problemas dentários como cárie.

Foto: © pathdoc - Shutterstock.com

Como combater o inchaço nas pernas
Principais causas da dor de dente