Constipação aguda

Novembro 2017


Definição

a constipação aguda se define habitualmente por uma lentidão do trânsito intestinal que vai gerar uma baixa da frequência de emissão de fezes que aparentam estar desidratadas. A pessoa afetada terá dificuldades de ir ao banheiro, ou simplesmente não irá. Distinguimos a constipação causada por um transtorno progressivo das fezes, caso mais comum e ligado com a lentidão do trânsito, e outro tipo de constipação chamada de terminal ou disquesia mais ligada a uma dificuldade de evacuação das fezes.

Manifestações

A constipação se caracteriza, de maneira arbitrária, pela dificuldade do paciente em ir ao banheiro três ou mais vezes por semana para evacuar. Isso pode se manifestar igualmente por uma necessidade de fazer força para defecar, uma sensação de fezes remanescentes após a defecação ou a evacuação incompleta, a necessidade às vezes de ajudar com os dedos para finalizar a evacuação. Um episódio de constipação aguda vai ser determinado por esses critérios que surgem de maneira pontual, durante alguns dias ou semanas: as fezes são duras, secas, emitidas em pouca quantidade ou inexistentes. A eliminação não é eficaz.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito principalmente em um exame clínico, a partir da descrição dos sintomas pelo paciente, e palpação do abdômen, que deve estar rígido. Para confirmação do diagnóstico, o médico especialista pode, em alguns casos, solicitar uma radiografia do abdômen que mostrará a estagnação dos materiais. O toque retal também pode ser usado para buscar acúmulo de fezes.

Tratamento

o tratamento de primeira intenção é a instauração de um regime rico em fibras, uma hidratação suficiente (privilegiar a água Hépar® por exemplo). Em caso de fezes abundantes encontradas na parte terminal do aparelho digestivo na ampola retal, uma lavagem (Normacol®, lavador evacuador) poderá ser efetuada para eliminar as fezes e reestabelecer o trânsito. A utilização de glicerina (supositório) também pode facilitar a eliminação das fezes. Um tratamento laxativo por via oral (macrogol, lactulose...) será realizado nos casos de constipação crônica a ser tomado durante diversas semanas para reestabelecer um trânsito correto.

Prevenção

a título preventivo é preferível se alimentar bem (alimentação equilibrada, regime rico em fibras), se hidratar corretamente (beber em torno de 1,5L de água/dia e se mexer o suficiente para manter um bom trânsito intestinal e assim evitar os episódios de constipação. Em geral, a modificação do regime alimentar é suficiente para reestabelecer o trânsito.

Veja também

Publicado por asevere. Última modificação: 24 de novembro de 2016 às 15:40 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Constipação aguda', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.