Prisão de ventre na gravidez

A prisão de ventre é um problema recorrente enfrentado pelas gestantes. Conheça as causas e formas de tratamento da constipação na gravidez.


Por que as grávidas sofrem prisão de ventre?

Dois fatores são os principais causadores de prisão de ventre durante a gravidez. O primeiro deles é o aumento de volume do útero, que passa a pressionar o reto. Em segundo lugar, a maior concentração de hormônios sexuais no organismo também é responsável por dificultar o trânsito intestinal feminino. Vale destacar que mulheres com histórico de constipação tendem a sofrer mais com o problema quando grávidas, assim como aquelas que fazem uso de suplementação de ferro.

Como aliviar o problema

O uso de laxantes ou outros medicamentos só deve ocorrer em último caso e sob prescrição médica. O tratamento da prisão de ventre na gravidez é natural e envolve praticar exercícios físicos, beber muito líquido e fazer uma dieta rica em fibras, com frutas e cereais. Por fim, criar uma rotina de evacuações, determinando um horário para ir ao banheiro, também pode ajudar.

Riscos da prisão de ventre na gravidez

Na maioria dos casos, a prisão de ventre não causa nenhuma complicação e o nascimento do bebê resolve o problema. Mais raramente, algumas mulheres podem desenvolver hemorroidas por conta da constipação. Sendo assim, é importante informar ao ginecologista se a prisão de ventre ocorrer e se prolongar.

Foto: © Viacheslav Lopatin - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 12 de março de 2018 às 12:39 por Bruna.CCM.
Este documento, intitulado 'Prisão de ventre na gravidez', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Gravidez ectópica: sintomas, causas e tratamento
Dúvidas frequentes sobre o teste do olhinho