Tendinopatia crônica

Faça uma pergunta
A tendinopatia crônica é uma inflamação dos tendões que perdura por bastante tempo. Pode afetar tanto esportistas quanto pessoas cujo trabalho inclui gestos repetitivos. Uma má postura corporal ou microtraumatismos podem originar o problema, que acomete ombros, joelho, cotovelo, punho, quadril ou tendão de Aquiles.


Definição de tendinopatia crônica

Uma inflamação persistente dos tendões é o que caracteriza a tendinopatia crônica. Ela faz parte dos problemas musculoesqueléticos e pode ser causada tanto por movimentos repetitivos quanto por má postura ou microtraumatismos, que, ao longo do tempo, geram inflamações em um ou mais tendões. Algumas patologias ou medicamentos podem igualmente ser responsáveis por causar o problema, que se refere a qualquer processo que afete os tendões. Os termos tendinose e tendinite formam, portanto, a tendinopatia.

Sintomas da tendinopatia crônica

As principais manifestações da tendinopatia incluem dores intensas na zona afetada, inchaço, vermelhidão e aumento da temperatura corporal nessas regiões, dores durante a mobilização dos músculos ligados a esses tendões e limitação dos movimentos.

Diagnóstico da tendinopatia crônica

O diagnóstico da tendinopatia crônica pode ser feito com base na descrição das dores, sua localização e circunstâncias de aparição ou agravamento. Um exame físico e palpação do local também ajudam. Em alguns casos, um raio-X revelará a existência de uma calcificação tendinosa, principalmente no ombro. Há, ainda, casos em que uma ultrassonografia ou ressonância magnética serão realizados para visualizar diretamente a situação do tendão.

Tratamento da tendinopatia crônica

O tratamento da tendinopatia crônica varia em função do local da inflamação e sua causa. Em todos os casos, são recomendados repouso e uso de medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios. Se as dores persistirem, recorre-se à injeção local de corticoides, mas de forma moderada. A reeducação postural é a etapa seguinte e deve se basear em fisioterapia e massagens regulares, favorecendo a cicatrização do tendão. Nos casos mais graves, uma tala de imobilização pode ser utilizada. A cirurgia corretiva é o último recurso.

Prevenção da tendinopatia crônica

A prevenção da tendinopatia crônica é feita com a adoção de boas práticas, tais como sessões de alongamento sistemáticas antes de realizar atividade física. Os gestos repetitivos devem ser evitados na medida do possível. Em caso de tendinite, o repouso precoce associado a um tratamento bem conduzido previne a evolução do quadro para a tendinopatia crônica.

Foto: © Zdenka Darula - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também