Câncer de bexiga


Definição

o câncer da bexiga é raro antes dos 40 anos. Ele é em torno de 4 vezes mais comum nos homens do que nas mulheres. Uma das causas principais da sua aparição é o tabaco, fator encontrado em torno de 1/3 dos doentes; algumas substâncias utilizadas na indústria também podem causar o surgimento da doença. Ele se desenvolve em torno da mucosa da bexiga. Distinguimos dois tipos de câncer da bexiga: superficial, ou seja, limitado à mucosa da bexiga, e invasivo, afetando uma camada de tecido mais profunda da bexiga, a muscular. O segundo tipo é mais violento e requer um tratamento muito mais forte.

Manifestações

Os sintomas do câncer da bexiga são:
  • Presença de sangue na urina ou hematúria, muito comum;
  • Transtornos de micção com necessidades mais frequentes, e necessidades urgentes;
  • Dificuldades para urinar.

Diagnóstico

para diagnosticar um câncer da bexiga, o médico se baseará sobre os antecedentes do paciente e seus hábitos de vida para estabelecer, entre outros, uma ligação entre a doença e uma eventual exposição a produtos químicos. Após exame clínico, incluindo toques pélvicos (toque retal e vaginal) e palpação abdominal, uma citologia urinária sobre a escala de urina é realizada: isso permite o estudo de células presentes nas urinas. Uma endoscopia vesical, permitindo uma visualização direta do interior da bexiga é geralmente útil. Um ultrassom e uma urografia, espécie de radiografia da bexiga utilizando um produto injetado pelas veias podem também ser feitos.

Tratamento

no quadro de tumores superficiais, um tratamento às vezes endoscópico pode ser realizado, associados secundariamente a inserções de produtos evitando a reincidência na bexiga. Para os tumores invasivos como na maioria dos cânceres, a cirurgia, radioterapia, quimioterapia ou a combinação dos três são utilizadas. A escolha do tratamento depende do estado do câncer e sua localização. As intervenções cirúrgicas sobre esse tipo de câncer podem ser acompanhadas de uma retirada do útero, das trompas de falópio, dos ovários e de uma parte da vagina nas mulheres, e de uma retirada da próstata nos homens.

Prevenção

Algumas reflexões podem ajudar a prevenir este tipo de câncer. No caso de pessoas expostas a substâncias químicas perigosas, uma análise de urina deve ser feita todos os anos, seguida de um exame de saúde geral. Também é indispensável parar de fumar, uma vez que o tabaco é o fator de risco mais importante neste tipo de câncer nas mulheres.
Publicado por asevere. Última modificação: 16 de dezembro de 2014 às 14:47 por asevere.
Este documento, intitulado 'Câncer de bexiga', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Bursite - Definição
Câncer de ânus