Tendinite: tipos, sintomas e tratamento

Os tendões são cordas resistentes de tecidos que unem os músculos aos ossos e auxiliam na ação muscular. A tendinite corresponde à inflamação de um tendão. Este problema causa dor e sensibilidade na área da articulação afetada.


Articulações mais afetadas

A tendinite costuma ocorrer nos ombros, cotovelos, pulsos, joelhos e calcanhares. Dependendo do local onde ocorrer pode receber um nome popular específico, tal como o chamado cotovelo de tenista.

Tendinite no ombro

A tendinite no ombro provoca dores mais ou menos intensas na região, rigidez da articulação, alta dificuldade de movimento e dor ao palpar. Por ser uma articulação muito exigida, a tendinite no ombro pode necessitar de imobilização para recuperação completa do paciente.

Tendinite no cotovelo

A tendinite no cotovelo, também conhecida por epicondilite ou cotovelo de tenista, provoca fortes dores quando o paciente movimenta a articulação do cotovelo ou movimenta dedos e pulso para agarrar algo. A inflamação na região também provoca sentimento de fraqueza do pulso.

Tendinite no pulso

A tendinite no pulso, também chamada de tendinite de De Quervain, provoca dores ao articular a munheca e ao toque. Além disso, o paciente sofre com dormências e sensação de rigidez excessiva da articulação. A tendinite no pulso é cada vez mais comum entre pessoas que trabalham digitando ao computador.

Tendinite na mão

A tendinite também pode afetar as mãos, principalmente os tendões localizados nas costas das mãos. As dores podem vir acompanhadas de formigamento, ardência e inchaço da região. Esta forma de tendinite também pode ser subproduto do excesso de digitação no computador.

Tendinite no joelho

A tendinite no joelho também recebe o nome de tendinite patelar por afetar a patela, uma das estruturas que formam o joelho. Por afetar muitos atletas que praticam esportes com saltos, ela é chamada popularmente de joelho de saltador. Esta forma de tendinite começa causando dores durante a atividade física e pode evoluir para incômodo constante, aos menores esforços.

Tendinite no pé

A tendinite no pé, mais especificamente no tendão de Aquiles, provoca dores fortes na região e sensibilidade ao toque. A dor costuma se agravar durante esforços físicos e logo após o paciente se levantar. Geralmente, a tendinite no pé é causada por uso de sapato inadequado ou prática incorreta de atividade física.

Tratamento da tendinite

De maneira geral, a tendinite deve ser tratada com uso de medicamentos anti-inflamatórios de maneira rápida para se reduzir a chance de problemas futuros. Em casos reincidentes, a prática de fisioterapia é muito importante. A tendinite no ombro, particularmente, pode exigir imobilização enquanto a tendinite no joelho é a que mais exige a realização de procedimento cirúrgico de correção em casos muito avançados e evolução para tendinose.

Tendinite tem cura

Sim, a tendinite tem cura com uso de medicamentos, realização de fisioterapia e, em alguns casos, cirurgia corretiva. Em situações mais simples e com o tratamento adequado, o paciente se recupera de maneira integral em pouco tempo. A manutenção de hábitos posturais corretos auxilia na prevenção da tendinite.

Foto: © Melodia plus photos - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 17 de abril de 2017 às 13:36 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Tendinite: tipos, sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Fibromialgia: sintomas e tratamento
Primeiros socorros em fraturas: o que fazer