Viagens de carro sem sono e dor nas costas

Faça uma pergunta
Longas viagens de carro podem causar alguns problemas tanto para os passageiros quanto, principalmente, para os motoristas. Veja algumas recomendações para evitar, entre outros males, a sonolência ao volante e problemas de coluna.


Antes de partir

Antes de realizar um longo trajeto de carro, é aconselhável efetuar uma preparação adequada para que não haja eventos estressantes pouco antes da saída ou durante a viagem. Para isso, defina o itinerário com antecedência, verifique o estado do carro e não se preocupe com a necessidade de um horário de chegada no destino.

Também é necessária uma atenção particular a medicamentos que possam estar sendo tomados pelo motorista. Alguns deles causam sono e reduzem o estado de vigilância. Leia a bula e procure um médico caso esteja fazendo algum tratamento.

Alimentação e hidratação

Em caso de trajetos longos de carro durante o calor do verão, é importante estar sempre hidratado. Por isso, leve pelo menos duas garrafas de água no carro. Também é possível fazer uso de isotônicos ou outras bebidas não-alcoólicas refrescantes. É preferível parar para fazer as refeições e evitar comidas pesadas ou grandes quantidades, pois a digestão mais demorada aumentará os riscos de sonolência.

Fadiga e sonolência

Para evitar a fadiga ao volante, é recomendável partir pela manhã após uma boa noite de sono. Os riscos de sonolência são maiores entre as 2h e 5h e após a jornada de trabalho. O mais importante é parar o carro ao primeiro sinal de cansaço e realizar uma pausa de até uma hora ou mesmo encontrar um local para passar a noite em situações mais importantes. Após almoço ou jantar, uma sesta de 20 minutos é suficiente para garantir que o momento mais grave da digestão não será passado ao volante. Faça pequenas paradas a cada duas ou três horas.

Dor nas costas

As costas e a lombar são particularmente solicitadas em viagens de carro, principalmente no caso do motorista. Contra isso, adote uma posição confortável e ajuste o banco de modo que os braços fiquem em uma boa posição para segurar o volante. Pausas regulares são importantes para que esticar as pernas e realizar pequenas caminhadas.

Conselhos para grávidas

Mulheres grávidas podem pegar a estrada sem problemas contanto que disponham de conforto e espaço. O cinto de segurança deve ser colocado logo abaixo da barriga e as pausas são ainda mais necessárias para que a mulher não permaneça longos períodos com as pernas imóveis e dobradas. Em geral, recomenda-se paradas a cada duas ou três horas para que a gestante se movimente um pouco e estique as pernas.

Foto: © Adisa - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também