Como funciona a consulta ginecológica

Faça uma pergunta
A ida a um médico ginecologista é indispensável para as mulheres devido ao grande número de doenças dos órgãos reprodutores que podem atingir a mulher. A seguir, conheça o passo a passo de uma visita ginecológica e suas diversas fases de controle.


Primeira consulta ginecológica

A primeira visita ao ginecologista é recomendada a partir do momento em que tem início a vida sexual de uma mulher. Ela deve repetir essa visita a cada ano, para realização de exames como mamografia, que deve ser feita a partir dos 40 anos, e Papanicolau, que detecta uma infecção por HPV. Mulheres com antecedentes de câncer de mama, por exemplo, ou riscos de tumores, podem ter essa rotina de visitas alterada. Na gestação, a frequência também aumenta, com a realização de exames específicos.

Tipos de consulta ginecológica

De maneira geral, há dois tipos de consulta ginecológica: quando a paciente sofre de algum problema e o especialista precisa fazer um diagnóstico ou quando são realizados apenas exames de controle. Razões que levam uma mulher ao consultório do ginecologista, além de rotina, são sangramentos anormais, ausência de menstruação, dores pélvicas, infertilidade, problemas no seio e distúrbios sexuais.

O que o ginecologista faz na consulta

O ginecologista, após conversar com a paciente a respeito do motivo da consulta, pergunta sobre antecedentes familiares, sintomas possíveis e informações sobre sua atividade sexual. Na sequência, ele procederá à realização de exames de rotina e, em caso de necessidade, vai prescrever procedimentos mais complexos.

Exames vaginais

Os exames vaginais ajudam a diagnosticar diversos tipos de doenças. Eles podem ser feitos com palpação do abdômen, exame do períneo para verificar possíveis doenças infecciosas, exames pélvicos realizados com a ajuda do espéculo para melhor observar o colo do útero e determinar causas de sangramentos genitais. Durante esse exame, é feito o Papanicolau, que tem como objetivo descobrir a presença de câncer do colo do útero. Em caso de mulheres virgens, o exame com o espéculo, bem como o exame de toque vaginal, devem ser evitados.

Como funciona a mamografia

A mamografia é um exame que tem o objetivo de verificar a integridade do seio e possíveis problemas como nódulos ou secreções e é fundamental na identificação do câncer de mama. Primeiramente, esse exame consiste na palpação e, posteriormente, é realizado o escaneamento mamário em uma máquina semelhante à de tomografia.

Foto: © Tom Schoumakers - Shutterstock.com

Sintomas do HPV em mulheres e homens
Causas do atraso do ciclo menstrual