Menopausa precoce: causas e sintomas

A menopausa precoce é definida como a entrada da mulher nesta fase da vida antes dos 40 anos. Em média, a menopausa ocorre entre os 45 e 55 anos. A menopausa dos 41 aos 45 anos é chamada de menopausa prematura. A menopausa precoce atinge cerca de 1% da população feminina, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Causas da menopausa precoce

Em geral, não é possível identificar uma causa exata para a menopausa precoce. No entanto, há uma série de fatores de risco que podem adiantar a menopausa, como tabagismo, tratamentos quimioterápicos, doenças autoimunes, disfunções cromossomiais e necessidade de remoção dos ovários. O mecanismo que provoca a menopausa, a qualquer tempo, é a falência dos ovários que, ao pararem de funcionar, tornam a mulher infértil e provocam certos desequilíbrios e sintomas característicos da interrupção das menstruações.

Sintomas da menopausa precoce

Os sintomas da menopausa precoce são percebidos tão logo ocorre a falência ovariana. Eles normalmente são os mesmos apresentados por mulheres com menopausa no período convencional. São eles ondas de calor, sudorese noturna, secura vaginal, alterações de humor e redução do desejo sexual. Essa falência, no entanto, é gradual e a mulher ainda tem chances, apesar de reduzidas, de engravidar até que o processo seja completado.

Diagnóstico da menopausa precoce

A menopausa precoce é diagnosticada quando o médico ginecologista observa a ausência de menstruação por pelo menos três meses. Para comprovar a hipótese, deve ser feito um teste de concentração do hormônio folículo estimulante (FSH). Esse hormônio é secretado na hipófise e, como o nome diz, estimula a ovulação. Quando ocorre a falência, o cérebro aumenta a quantidade de FSH no organismo para tentar forçá-la. Uma alta de FSH, portanto, é sinal de menopausa precoce.

Tratamento da menopausa precoce

A menopausa precoce deve ser tratada de maneira similar à menopausa convencional, baseando-se principalmente na avaliação da concentração de cálcio e vitamina D no sangue - que tendem a cair nesta fase da vida - para prevenir a ocorrência de osteoporose. No entanto, o principal desafio do tratamento da menopausa precoce é o aspecto psicológico. Mulheres que planejam ter filhos podem sofrer com problemas emocionais importantes após o diagnóstico de menopausa antes dos 40 anos.

Foto: © Piotr Marcinski - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 13 de março de 2017 às 11:48 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Menopausa precoce: causas e sintomas', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Balanite: sintomas e tratamento
Vício em sexo: sintomas e tratamento