Alimentos que tiram o sono

Julho 2017

Manter-se desperto durante o dia após uma noite mal dormida, ficar acordado por toda a madrugada para estudar, trabalhar ou mesmo para curtir uma festa. Há diversos motivos para se querer tirar ou reduzir o sono e certos alimentos podem ajudar a alcançar tal objetivo. Para isso, eles precisam ser ricos em cafeína. Confira abaixo quais são essas comidas e bebidas.


Ação da cafeína

A cafeína é uma substância alcaloide que atua fundamentalmente inibindo a ação de receptores da adenosina. A adenosina por sua vez é um neurotransmissor que controla a temperatura corporal, a frequência cardíaca e a pressão arterial. Ao bloquear estas ações, a cafeína provoca seu efeito inverso, causando estimulação neural e mantendo a pessoa em estado de alerta e, consequentemente, sem sono ou sinais de cansaço físico e mental.

Bebidas que tiram o sono

Como o nome já diz, a cafeína está presente em alta concentração no café. Além dele, chá preto, refrigerantes de cola e guaraná e as bebidas à base de erva-mate também possuem boa dose de cafeína e retiram o sono. Por fim, os energéticos industrializados apresentam grandes concentrações de cafeína. Em alguns casos, maior mesmo do que no café.

Comidas que tiram o sono

Apesar de ter menores concentrações de cafeína, algumas comidas também são capazes de auxiliar para promover a perda de sono. São eles chocolate, pimenta e gengibre.

Riscos da cafeína

A cafeína é bastante eficaz para diminuir a vontade de dormir. No entanto, o uso destes produtos, principalmente as bebidas, de modo frequente é perigoso e não deve ser feito, pois a cafeína aumenta o ritmo cardíaco e provoca estresse e ansiedade. Por outro lado, pessoas com insônia devem evitar esses alimentos, especialmente durante a noite, para não sofrer com seus efeitos.

© Valentyn Volkov - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.Saude. Última modificação: 6 de abril de 2017 às 12:02 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Alimentos que tiram o sono', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.