0
Obrigado

Algumas palavras de agradecimento nunca são demais.

Clostridium difficile: sintomas e tratamento


O Clostridium difficile, conhecido também pela sigla CD, é uma bactéria do tipo bacilo Gram-positivo anaeróbico. Representa a principal causa das diarreias infecciosas em adultos e é responsável por cerca de 20% das diarreias que surgem quando se faz uso de antibióticos. É inofensiva em pessoas que não apresentam doenças.


Definição de Clostridium difficile

O Clostridium difficile é uma bactéria que se encontra em grande parte das pessoas e faz parte da flora intestinal. Quando se ingere um antibiótico, ele provoca a perturbação dessa flora e, assim, o CD encontra um terreno favorável para seu desenvolvimento em algumas pessoas. Uma cepa virulenta de Clostridium difficile é a origem de muitas epidemias em diversos países.

Sintomas do Clostridium difficile

O Clostridium difficile provoca diarreia, acompanhada geralmente de febre e dores abdominais. Podem ser observados, ainda, sangue nas fezes e, raramente, desidratação do paciente, além de inflamação do cólon, denominada colite.

Pessoas em risco

Pessoas imunodeprimidas e com idade superior a 65 anos que se recuperam no hospital ou estão debilitadas são facilmente infectadas por essa bactéria. A ingestão de alguns antibióticos, como amoxicilina, clindamicina e cefalosporina favorece a infecção e consequente multiplicação dessas bactérias intestinais.

Contágio por Clostridium difficile

A contaminação surge do contato das mãos com pessoas infectadas pela diarreia relacionada ao Clostridium difficile, bem como por meio do toque com objetos contaminados pela bactéria.

Diagnóstico do Clostridium difficile

O diagnóstico se confirma com o exame das fezes, que evidencia a presença de Clostridium difficile.

Como evitar o Clostridium difficile

As pessoas infectadas pelo Clostridium difficile devem ser isoladas para não difundirem a bactéria a outras pessoas. Uso de luvas e camisas de manga comprida é ideal para evitar o contágio. O ambiente deve ser desinfetado com produtos adequados e as medidas devem ser respeitadas por, pelo menos, 72 horas depois do surgimento da diarreia. A higiene das mãos do paciente e de todos que estão em contato com ele deve ser rigorosa e, principalmente, feita apenas no banheiro. Recomenda-se, ainda, aplicar álcool nas mãos.

Tratamento do Clostridium difficile

Não é necessária a administração de medicamentos na manifestação leve do Clostridium difficile, já que os sintomas desaparecem quando o paciente suspende a ingestão de antibióticos, que geram essa infecção. Em casos de sintomas mais graves, podem ser prescritos outros tipos de antibióticos depois que, com base no exame de fezes, for identificada a toxina que causou o problema.

Foto: © 9nong - Shutterstock.com

Veja também

0 Comentário