Infecção urinária: análise da urina

Faça uma pergunta
Em caso de suspeita de infecção urinária, devido ao aparecimento de sintomas como ardor ao urinar, micção constante, dores na bexiga, ureteres ou rins, é realizado um exame de urina citobacteriológico. Este teste pode diagnosticar uma infecção do trato urinário e pielonefrite. Uma infecção do trato urinário é evidenciada pela presença de pus na urina.


Exame microscópico

O microscópio é utilizado para analisar uma gota de urina diretamente. O objetivo é procurar a presença de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e micróbios.

Para que serve a urocultura

A urocultura, ou cultura de urina, identifica o germe responsável pelos sintomas apresentados pelo paciente. Além disso, o exame determina que antibióticos podem matar o germe detectado.

Valores normais de um exame de urina

A urina é clara e não apresenta bactérias ou pus. O teste deve ser feito com urina recente, retirada no mesmo dia. Uma amostra de urina normal contém leucócitos (glóbulos brancos) em quantidade menor que 10.000/ml e hemácias (glóbulos vermelhos) em quantidade menor do que 5.000/ml. Ausência de germes também é observada.

Indicadores de infecção urinária

A infecção urinária provoca inflamação que se reflete no aumento do número de leucócitos na urina. Em algumas ocasiões, a infecção urinária também provoca pequenas hemorragias, percebidas na urocultura pelo aumento do número de glóbulos vermelhos (hemácias) na urina.

Leucócitos

No caso de infecções do trato urinário, os leucócitos são alterados e se apresentam em maior proporção na urina. Durante uma infecção urinária, a contagem de leucócitos é superior ou igual a 105 (10.000/ml).

Bactérias

Durante a infecção urinária, o número de bactérias é maior do que 105 (10.000/ml). É possível executar uma cultura de urina e identificar bactérias na urina. Também é possível realizar um antibiograma para determinar a sensibilidade das bactérias aos antibióticos. Assim, é possível adaptar o tratamento.

Bactérias responsáveis por infecções urinárias

A maior parte dos casos de infecções do trato urinário são ação das bactérias Escherichia coli, Proteus mirabilis e Klebsiella pneumoniae.

Foto: © Alexander Raths - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também