Neutrófilos altos: valores e significados

Faça uma pergunta
Os neutrófilos estão presentes na porção de sangue responsável pela defesa do organismo, envolvendo células doentes e matando-as para combater invasões por bactérias e fungos. Se bem interpretados, seus valores no sangue ajudam a diagnosticar muitas doenças.



O que significam neutrófilos altos

Quando os neutrófilos estiverem altos no organismo acontece o que se chama de neutrofilia, que pode indicar uma série de problemas possíveis, como infecções, diabetes, uremia, eclâmpsia, desordens inflamatórias, necrose hepática, leucemia mieloide crônica, anemia hemolítica, hemorragia, policitemia, gestação, queimaduras, desfibrilação atrial e câncer.

Valores de referência dos neutrófilos

Os valores de referência dos neutrófilos variam de 1.800 a 8.000 por milímetro cúbico de sangue. Isso costuma representar de 40% a 80% da contagem de glóbulos brancos no sangue, grupo também formado pelos eosinófilos e basófilos. Essas informações são obtidas a partir de um exame de sangue solicitado pelo seu médico.

Neutrófilos altos e linfócitos baixos

Se um exame apresentar esse resultado significa que o paciente pode sofrer de problemas na medula óssea, como anemia aplástica ou leucemia, por exemplo, ou ser sinal de doenças autoimunes, aquelas que levam o sistema imunológico a atacar as células saudáveis do organismo do paciente.

Neutrófilos altos na gravidez

O número de neutrófilos aumenta naturalmente na gravidez, o que não constitui motivo de preocupação na maioria dos casos.

Neutrófilos altos no espermograma

O espermograma, exame que avalia a qualidade do sêmen, pode apresentar um valor elevado de neutrófilos polimorfonucleares, que representam a maioria dos leucócitos presentes no sêmen. O aumento do número de leucócitos pode indicar infecção genital, níveis elevados de radicais livres de oxigênio e função espermática deficiente, que podem provocar infertilidade.

Foto:© Gyvafoto - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também