Linfócitos baixos: o que significa

Os linfócitos são algumas das células de defesa do organismo e pertencem a um grupo chamado de leucócitos ou glóbulos brancos. Produzidas na medula óssea, essas células protegem o organismo contra doenças, infecções ou alergias.


O que significam linfócitos baixos

Exames que apresentem resultado de linfócitos baixos, ou seja, abaixo de 20%, podem indicar danos à medula óssea, infecções que debilitam o sistema imunológico como o HIV, tuberculose, hepatite, leucemia, sepse e doenças autoimunes.

O que significam linfócitos altos

Quando um exame aponta linfócitos altos, ou seja, acima de 40% na contagem de leucócitos, o paciente pode estar com infecções crônicas ou, ainda, hepatite, mieloma múltiplo, leucemia ou linfoma.

Como descobrir o nível dos linfócitos

Um hemograma completo identifica o nível dos linfócitos, juntamente com os leucócitos. Geralmente, esse exame é pedido quando o médico possui suspeita de que o paciente esteja com uma infecção grave ou doença autoimune.

Valores normais de linfócitos

Um resultado é considerado normal quando os linfócitos estão entre 20% e 40%. Entretanto, esses resultados variam de acordo com idade e sexo do paciente analisado.

Foto: © UGREEN 3S - Shutterstock.com
Publicado por Natali_CCM. Última modificação: 25 de abril de 2017 às 15:14 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Linfócitos baixos: o que significa', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Como emagrecer praticando corrida
Pancreatite aguda e crônica: o que fazer