Dengue hemorrágica: sintomas e tratamento

Faça uma pergunta
A dengue hemorrágica é decorrente de alterações na coagulação sanguínea de uma pessoa infectada com a doença e, se não for tratada rapidamente, pode levar a óbito. Geralmente, a dengue hemorrágica afeta pessoas que já tiveram outro tipo de dengue pelo menos uma vez.


Sintomas da dengue hemorrágica

Os sintomas iniciais podem se confundir com os da dengue comum, porém, após três ou quatro dias, surgem hemorragias decorrentes do rompimento de pequenos vasos da pele. Dores abdominais fortes, febre alta, vômitos, sangramento pelo nariz, boca e gengivas, pele fria e pálida, tonturas, manchas e erupções na pele, dificuldade respiratória e até perda de consciência são os sintomas mais comuns da dengue hemorrágica.

Evolução dos sintomas da dengue hemorrágica

Na dengue hemorrágica, cuidados médicos são fundamentais e devem ser combatidos o quanto antes, pois o quadro clínico se agrava rapidamente, apresentando sinais de insuficiência circulatória e choque, que podem levar a pessoa à morte em até 24 horas.

Diagnóstico da dengue hemorrágica

A ocorrência dos sintomas, principalmente em caso de sangramentos, deve levar o paciente ao hospital. Além do exame clínico, alguns testes, em especial o de contagem de plaquetas, podem ser pedidos para confirmar o diagnóstico da doença e iniciar o tratamento.

Tratamento da dengue hemorrágica

Caso o paciente esteja com febre muito alta, é receitado um medicamento antitérmico, porém não há tratamento específico para a dengue hemorrágica exceto a ingestão de muito líquido para evitar a desidratação. Em casos mais graves, o paciente é internado e passa por hidratação intravenosa. É muito importante evitar a automedicação com remédios à base de ácido acetilsalicílico (aspirina) ou que contenham substância associada, que podem aumentar o risco de sangramentos.

Sintomas da dengue clássica

A dengue hemorrágica pode, muitas vezes, ser confundida com a dengue clássica, pois elas possuem sintomas muito similares, como febre alta com início súbito, dor de cabeça e atrás dos olhos, perda de paladar, tonturas e cansaço extremo, manchas e erupções na pele, moleza e dores nos ossos e articulações.

Foto: © Blaj Gabriel - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também