Gardnerella: sintomas e tratamento

Faça uma pergunta
A Gardnerella vaginalis é uma bactéria relacionada a uma série de infecções dos genitais femininos, principalmente a vaginose bacteriana, que provoca corrimento vaginal.


Como se pega gardnerella

A Gardnerella vaginalis é uma bactéria presente normalmente na vagina. No entanto, em certas condições, ela se torna patogênica, provocando infecções. É quando se dá a vaginose bacteriana. Além disso, a contaminação do parceiro sexual pela gardnerella é bastante rara.

Causas da gardnerella

Por estar presente naturalmente na flora vaginal, a vaginose ocorre quando há um desequilíbrio na composição da flora e a gardnerella aumenta sua concentração. Em geral, isso se dá em decorrência da associação da gardnerella com outras bactérias.

Sintomas da gardnerella

Os sintomas da vaginose bacteriana consistem em secreções vaginais que normalmente apresentam coloração acinzentada e mau cheiro. Em geral, não há sinais de inflamação, vermelhidão, dor ou coceira na vagina.

Diagnóstico da gardnerella

O diagnóstico da vaginose bacteriana é feito a partir da detecção da presença da gardnerella nas secreções vaginais. Resultados de pH alcalino em uma análise da leucorreia também aponta para a doença, bem como uma avaliação microscópica da secreção.

Tratamento da gardnerella com metronidazol

Para tratar a gardnerella, o ginecologista prescreve um antibiótico - já que se trata de uma infecção bacteriana. O mais comum deles para esse tipo de infecção é o metronidazol, utilizado sempre em dose única.

Tratamento caseiro da gardnerella

Alguns tratamentos caseiros podem ser empregados para complementar o uso de medicamentos no combate à gardnerella. Entre eles estão banho de assento com Garcinia Cambogia e o uso de vinagre de cidra, que auxiliam a restaurar a composição ideal da flora vaginal.

Prevenção da gardnerella

Para prevenir infecções vaginais em geral é preciso que a mulher faça uma boa higiene íntima. É importante evitar roupas íntimas de algodão, calças muito apertadas e sobretudo proteger-se durante as relações sexuais.

Gardnerella no homem

Apesar de ser rara, a transmissão de gardnerella por contato sexual também pode ocorrer e afetar o homem. Entre eles, a presença da bactéria está associada a casos de inflamação da uretra e da glande.

Gardnerella na gravidez

A infecção por gardnerella em mulheres grávidas, se não tratada de maneira adequada e a tempo, aumenta a possibilidade de parto prematuro e nascimento do bebê abaixo do peso.

Foto: © Barabasa - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também