Candidíase no homem: sintomas e tratamento

A candidíase no homem, também chamada de candidíase peniana ou balanopostite, corresponde ao desenvolvimento do fungo Candida albicans no pênis. Sua ocorrência é mais rara que nas mulheres e normalmente os sintomas são mais leves. A candidíase não é considerada uma doença sexualmente transmissível.


Como se pega candidíase no homem

Em geral, a candidíase no homem não se pega, isto é, não é transmitida. O fungo C. albicans está presente no corpo do homem e sua multiplicação acima do normal - por conta de diversos fatores - é o que desencadeia a candidíase. No entanto, também é possível haver transmissão da doença após uma relação sexual com uma pessoa em crise de candidíase.

Causas da candidíase no homem

A principal causa da candidíase no homem é a diabetes. A doença afeta o sistema imunológico e isso possibilita o aumento exagerado da concentração de Candida albicans no corpo. Em geral, pacientes - homens ou mulheres - com diabetes sofrem com candidíase de maneira recorrente. Já pessoas que não tem diagnóstico de diabetes devem investigar a questão. Além disso, outras condições mais severas são responsáveis, de modo mais raro, pela aparição de candidíase peniana, tais como HIV e lúpus. Por fim, situações de estresse e má alimentação - principalmente em dietas ricas em açúcar - também podem provocar candidíase no homem.

Sintomas da candidíase masculina

Os principais sintomas da candidíase no homem são dores no pênis durante a relação sexual, queimação ao urinar, assadura, coceira e inchaço no pênis. Além disso, podem-se verificar pequenos cortes no pênis, bem como surgimento de placas brancas no órgão genital.

Tratamento da candidíase no homem

O tratamento da candidíase no pênis é feito com medicamentos à base de itraconazol, nistatina e cetoconazol, entre outros. Além disso, deve-se manter a região genital seca, evitar relações sexuais e reduzir o consumo de açúcar e álcool enquanto durar o tratamento. A duração vai depender da gravidade dos sintomas e da decisão do médico especialista. Em média, o tratamento leva entre uma e duas semanas.

Pomada para candidíase no homem

Substâncias como o itraconazol e cetoconazol também podem ser encontrados no formato de pomada. A decisão sobre o uso de pomadas ou medicamento cabe única e exclusivamente ao médico urologista.

Tratamento caseiro da candidíase peniana

Há dois tipos de tratamentos caseiros indicados para casos de candidíase no homem. O primeiro é a aplicação de iogurte natural por todo o pênis a cada quatro horas. O pênis deve ser bem lavado antes de cada aplicação. Outra alternativa é o uso de banhos de assento com vinagre, que devem ser preparados na proporção de quatro colheres de vinagre para cada meio litro de água morna. Vale lembrar que tratamentos caseiros não substituem as terapias convencionais e servem apenas como complemento a estas.

Candidíase no homem tem cura

A candidíase no homem tem cura e o uso por até duas semanas de uma pomada ou medicamento contra a proliferação do fungo C. albicans permite a cura da doença.

Foto: © sharptoyou - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 2 de março de 2017 às 23:10 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Candidíase no homem: sintomas e tratamento', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Pílula anticoncepcional e emagrecimento
Remédio indicado para corrimento