Conheça os sintomas do infarto

Faça uma pergunta
Uma das principais causas de morte no mundo, o infarto agudo do miocárdio tem taxa de recuperação relativamente alta caso seja diagnosticado e tratado o quanto antes e, por isso, é tão importante detectar a sua ocorrência rapidamente e se dirigir a um pronto-socorro com urgência.


Fatores de risco do infarto

Embora acometa pessoas de diversos perfis, idades e pesos, o infarto é muito mais frequente em grupos de risco como os obesos, hipertensos, estressados e portadores de diabetes, bem como pessoas que têm níveis altos de colesterol no sangue.

O que é o infarto

O infarto é resultado da morte do músculo cardíaco por falta de oxigênio, que é bombeado pelas artérias coronárias. Quando uma dessas artérias entope por excesso de gordura, o fluxo de sangue é bloqueado e a área atingida é prejudicada, causando dor e, em alguns casos, morte.

Sintomas do infarto

Embora muitos sintomas do infarto possam ser confundidos com gases ou apenas um mal estar, é preciso estar atento à combinação de alguns sinais, que indicam a ocorrência desse mal. Grande parte das pessoas acometidas pelo infarto sentem dor no peito e nas costas. Mulheres também podem sentir falta de ar ou agulhadas no peito.

Duração dos sintomas

Os médicos recomendam que, caso os sintomas permaneçam por mais de 20 minutos e sejam acompanhados por vômitos, suor frio, fraqueza e palpitações, a pessoa busque ajuda médica o quanto antes.

Cuidados ao detectar um infarto

Caso a pessoa sinta todos esses sintomas, recomenda-se que ela não dirija até o hospital e carregue consigo os exames mais recentes para que o médico possa avaliar a condição geral de saúde do paciente.

Foto: © S_L - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também