Quando e como ingerir a isoflavona

Faça uma pergunta
A isoflavona, substância obtida da soja, é um composto que pode ser utilizado para reduzir os sintomas da menopausa, TPM e osteoporose, além de reduzir os níveis do LDL, chamado popularmente de colesterol ruim.


Benefícios da isoflavona

A isoflavona é indicada principalmente para mulheres na menopausa. Ela é utilizada para reduzir as ondas de calor, características deste período da vida, melhorar o humor e o estado psicológico da mulher.

Para que serve a isoflavona

Além da ação sobre mulheres na menopausa e TPM, a isoflavona atua na diminuição do risco de doenças cardiovasculares, proteger os ossos contra a osteoporose e reduzir os níveis de colesterol no sangue.

Como tomar a isoflavona

Recomenda-se que a isoflavona seja ingerida apenas sob prescrição médica. A ingestão ideal de isoflavona de soja é de cerca de 40 miligramas por dia, que pode ser consumida em forma líquida ou cápsulas.

Isoflavona e reposição hormonal

Atualmente, a isoflavona da soja tem sido receitada como uma das alternativas de reposição hormonal para mulheres, pois, por ser um produto mais natural, tende a provocar menos efeitos colaterais que aqueles oriundos de tratamentos com hormônios sintéticos.

Efeitos colaterais da isoflavona

Em algumas pessoas, a isoflavona pode alterar o bom funcionamento da tireoide e, por isso, seu uso deve ser feito sob orientação médica.

Contraindicações da isoflavona

Mulheres que possuam alergia à soja não devem ingerir esse produto, assim como crianças, gestantes e mulheres amamentando.

Foto: © Jeanette Dietl - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também