Remédio caseiro para dor de barriga

Abril 2017

A dor de barriga é uma sensação dolorosa na região abdominal que pode estar relacionada a diversos problemas. Excluindo-se casos mais graves - de hemorragias internas e doenças, uma dor de barriga pode significar cólica - menstrual ou não, dor estomacal ou intestinal, gases, entre outros. Tratamentos medicamentosos combatem as dores de barriga, mas existem remédios caseiros, principalmente chás, que podem auxiliar no alívio das dores. Conheça alguns deles.


Chá de camomila

O chá de camomila combate as dores de estômago e relaxa o órgão. Sua ação é importante para o alívio das cólicas e casos de enjoo.

Chá de endro

O endro também é importante para combater enjoos e cólicas. O chá de endro é bastante indicado para mulheres sofrendo com fortes cólicas menstruais.

Chá de boldo

Casos de intoxicação alimentar devem ser levados a um médico. O tratamento medicamentoso deve ser acompanhado com farta reidratação. Além disso, o chá de boldo age sobre o fígado e o intestino e pode auxiliar na recuperação do paciente.

Chá de macela

A macela, erva pouco conhecida e similar à camomila, também age sobre o fígado e pode aliviar dores de barriga. Além disso, a macela tem efeito calmante, o que pode ser importante no combate às dores.

Chá de hortelã

Bastante usada em temperos, a hortelã pode ser tomada em forma de chá para garantir o alívio de quadros de enjoo, vômito e cólicas.

Chá de erva-doce

A erva-doce, também utilizada como tempero em algumas receitas, é muito importante para aliviar casos de gases intestinais e flatulência. O chá de erva-doce pode ser usado por mulheres em pós-parto com gases.

Foto: © Africa Studio - Shutterstock.com

Veja também

Publicado por Pedro.Saude. Última modificação: 12 de abril de 2017 às 09:03 por Pedro.Saude.
Este documento, intitulado 'Remédio caseiro para dor de barriga', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.