Doenças da tireoide: sintomas mais comuns

Dezembro 2017

A tireoide é uma glândula situada na base do pescoço, atrás dos músculos e à frente da traqueia. Ela produz os hormônios T3 e T4 que exercem funções sobre todo o corpo e são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo.


Sintomas da inflamação da tireoide

A inflamação da tireoide recebe o nome de tireoidite. A doença afeta seriamente as capacidades físicas e psíquicas do paciente. Quase todos os tipos de tireoidite produzem sintomas do hipotireoidismo, com exceção da tireoidite de De Quervain, relacionada ao hipertireoidismo.

O hipertireoidismo surge quando a tireoide produz hormônios além do normal, elevando sua concentração no sangue. Seus sintomas são intolerância ao calor, fadiga, falta de concentração, aumento do apetite, perda de peso, diarreia, ansiedade, nervosismo, sudorese excessiva.


Por outro lado, pessoas com hipotireoidismo (redução abaixo do normal do nível dos hormônios tireoidianos no sangue) sofrem com cansaço, intolerância ao frio, apatia, pele ressecada e aumento de peso.

Doenças da tireoide em homens

Enquanto o hipertireoidismo provoca hiperatividade, o hipotireoidismo geralmente tem efeito contrário, reduzindo os níveis de atividade física do paciente. Além disso, os sintomas do mau funcionamento da tireoide em homens depende do tipo de disfunção, causas subjacentes e estado geral de saúde. Alguns sintomas experimentados por homens como consequência de distúrbios na tireoide são disfunção sexual, mudanças de humor, memória fraca, depressão, fadiga, irritabilidade e ansiedade.

Hipotireoidismo em crianças

A tireoide é fundamental para o desenvolvimento do metabolismo infantil e influencia o crescimento, desenvolvimento mental e maturação dos ossos. Desta maneira, é possível reconhecer um distúrbio tireoidiano em crianças pelo cansaço acima do normal, crescimento abaixo do esperado, dificuldade de concentração, falta de apetite e dor de garganta constante. Em linhas gerais, o hipotireoidismo em crianças desacelera o crescimento e desenvolvimento.

Por conta disso, o teste do pezinho é muito importante. Entre outras condições, o hipotireoidismo é diagnosticado pela análise, obrigatória em todos os recém-nascidos. Quanto antes o tratamento for iniciado, menores serão as sequelas para a criança.

Doenças da tireoide em mulheres jovens

Os sintomas característicos do hipotireoidismo em mulheres jovens são fadiga, esgotamento físico e mental, depressão, dificuldade de concentração, aumento de peso sem explicação, pele seca e áspera, queda exagerada de cabelo, sensação de frio nas extremidades, prisão de ventre, câimbras, períodos menstruais prolongados, problemas de fertilidade e aborto involuntário.

Já o hipertireoidismo causa nervosismo, irritabilidade, aumento da transpiração, pele e cabelo mais finos, tremores, ataques do pânico, insônia e outros distúrbios do sono, perda de peso inexplicável e poliúria (aumento do volume de urina). A hiperatividade da tireoide acelera o coração, elevando a pressão arterial, diminui o fluxo menstrual e alarga o ciclo menstrual.

Doenças da tireoide em adolescentes

Doenças da tireoide são de oito a dez vezes mais frequentes em mulheres. As adolescentes com hipotireoidismo sofrem atraso da entrada na puberdade e, em raras ocasiões, adiantamento do período. Também há sonolência, sintomas depressivos, amenorreia e galactorreia.

Por outro lado, o hipertireoidismo entre as adolescentes gera taquicardia, hipertensão, exoftalmia, aumento do apetite, perda de peso, hiperatividade, palpitações, intolerância ao calor, distúrbios do sono e diarreia.

Doenças da tireoide na gravidez

Uma gravidez normal provoca uma série de mudanças fisiológicas e hormonais que alteram a função tireoidiana. Além disso, o resultado de exames laboratoriais que medem o funcionamento da tireoide é alterado devido à influência dos hormônios HCG e estrogênio. O HCG estimula a tireoide. Desta forma, o aumento do nível de HCG circulante durante o primeiro trimestre da gestação pode resultar em redução de TSH. Em geral, a taxa sanguínea de TSH volta a normal nos seis meses seguintes.

A causa mais comum de hipertireoidismo materno durante a gravidez é a doença de Graves, que afeta uma em 500 gestantes. O hipertireoidismo materno, além de produzir os sintomas típicos da doença, pode provocar parto prematuro e pré-eclâmpsia se não for tratado no tempo certo.

Já a causa mais frequente de hipotireoidismo em grávidas é a tireoidite de Hashimoto. Não tratado, o hipotireoidismo pode causar anemia, dores musculares, insuficência cardíaca congênita do bebê, pré-eclâmpsia, anormalidades na placenta e hemorragias no pós-parto. Mulheres com hipotireoidismo leve pode não sofrer nenhum sintoma durante a gravidez.

Foto: © pixinoo - Shutterstock.com
Publicado por Pedro.CCM. Última modificação: 31 de outubro de 2017 às 09:32 por Pedro.CCM.
Este documento, intitulado 'Doenças da tireoide: sintomas mais comuns', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.