Furosemida - Definição

Abril 2018


Definição de furosemida

A furosemida é um medicamento da classe dos diuréticos. Sua ação principal é exercida sobre os rins, favorecendo a eliminação de água pelo organismo. Esse medicamento existe sob diferentes formas e em diferentes dosagens do seu princípio ativo e é essencialmente recomendado em caso de acúmulos excessivos de água no corpo, chamados de edemas, que podem ter origem cardíaca, renal, hepática, entre outras. Ela é também classicamente utilizada no tratamento de hipertensão arterial.

A furosemida só pode ser consumida sob prescrição médica e pode desencadear diversos efeitos colaterais, como desidratação, déficit de potássio e sódio e insuficiência renal. A furosemida faz parte das substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês). Seu uso por atletas tem como principal objetivo acelerar a eliminação de água e, com isso, mascarar o uso de outras substâncias que promovem a melhora da performance. A ginasta brasileira Daiane dos Santos foi flagrada em 2009 por uso de furosemida.
Artigo original publicado por asevere. Tradução feita por DRA. MARNET. Última modificação: 31 de janeiro de 2018 às 20:14 por Natali_CCM.
Este documento, intitulado 'Furosemida - Definição', está disponível sob a licença Creative Commons. Você pode copiar e/ou modificar o conteúdo desta página com base nas condições estipuladas pela licença. Não se esqueça de creditar o CCM Saúde (saude.ccm.net) ao utilizar este artigo.
Fontanela abaulada - Definição
Folículo do ovário - Definição