Heparina: para que serve

Faça uma pergunta

A heparina é uma molécula com ação anticoagulante sobre uma proteína do sangue. Produzida naturalmente pelo organismo por células do sistema imunológico, ela é igualmente fabricada a partir de vísceras de porco ou gado.

Para que serve a heparina

Administramos a heparina em casos de trombose, uma obstrução de um vaso sanguíneo, para liquidificar um coágulo. Em caso de problemas de coagulação ou patologias como hemofilia, a heparina pode ser fatal, provocando graves hemorragias.

Quando é injetada a heparina

A heparina é ministrada em casos de trombose, distúrbios relacionados e coagulação excessiva, embolia pulmonar ou do cérebro ou em casos de flebite. Pode, ainda, ser utilizada em casos de angina não estabilizada ou infarto do miocárdio em fase aguda. Pode também ser associado ao diclofenaco no tratamento de torções no tornozelo, bem como tratar celulite inflamatória, insuficiência, inflamações e outros problemas venosos.

Mecanismo de ação da heparina

A heparina possui diversas propriedades anticoagulantes. Ela ativa uma proteína que inibe o processo de coagulação e possui, ainda, outras propriedades ainda não exploradas terapeuticamente, tais como ação sobre o metabolismo de lipídios, ação anti-infecciosa, anti-inflamatória e antiedemas. Quando há insuficiência renal, não é necessário alterar a dose, já que essa substância é absorvida pelas células.

Efeitos colaterais da heparina

Os principais efeitos colaterais derivados da heparina são os relativos aos seus efeitos anticoagulantes, que elevam os riscos de hemorragia. Uma dosagem errada pode também gerar uma redução drástica da contagem de plaquetas (trombocitopenia).

Foto: © funnyangel - Shutterstock.com
Dra. Marta Marnet

CCM Saúde é uma publicação informativa realizada por uma equipe de especialistas de saúde e redatores supervisionados pela Dra. Marta Marnet (número de registro 19741 no Colégio de Médicos de Barcelona, Espanha).

Mais informações sobre a equipe do CCM Saúde

Veja também